O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
17 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura “Melissa e o Arco-íris” vai abrilhantar universo infantil

“Melissa e o Arco-íris” vai abrilhantar universo infantil

Projecto “Oficina de teatro e contos infantis” vai apresentar no CCBM uma peça infantil denominada “Melissa e o Arco-íris”

A Associação Centro de Recriação Artística vai apresentar mais uma peça de teatro infantil. O espectáculo que se segue está marcado para o dia 30 de Setembro, pelas 10h00, no Centro Cultural Brasil-Moçambique (CCBM).

Desta vez, o grupo teatral fará as crianças e os seus acompanhantes mergulharem no muno da “Melissa e o Arco-íris”, uma peça inspirada no conto infantil do livro da cantora Dama do Bling, lançado em 2011.

Ao som do piano e do violino, Deuscio Vembane e Célia Madime vão abrilhantar os pequenos com seus talentos, tal como aconteceu em outras peças que sempre há presença de um instrumentista a acompanhar a encenação. 

Sem fugir da sua linha - o acto de transportar os contos infantis de escritores moçambicanos aos palcos -, a associação já encenou “O Rei Mocho”, de Ungulane Ba Ka Kosa e “O Gato e o Escuro”, de Mia Couto.   

Este evento faz parte de um projecto denominado “Oficina de teatro e contos infantis”, que foi criado com o objectivo de incentivar a leitura e escrita através de actividades lúdicas e o seu impacto na educação das crianças em idade escolar. Estas histórias e mitos de tradição oral são recriados e ilustrados para revelar a riqueza do imaginário moçambicano e aproximá-lo das suas crianças em formato de conto e/ou teatro.  

A apresentação da peça “Melissa e o Arco-íris” conta com o apoio da Embaixada do Brasil e do Centro Cultural Brasil-Moçambique, no âmbito da sua programação anual.

A peça conta com a direcção de Gigliola Zacara (mentora do projecto), encenação de Fernando Macamo e interpretação e co-criação de António Sitoi, Buanamade Amade, Eduardo Tembe, Fernando Macamo, Maria Clotilde, Malua Saveca e a música estará a caro de Deuscio Vembane.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -17-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa419