O País Online - A verdade como notícia

Quarta-feira
18 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto

Desporto

Real Madrid anuncia contratação de Kaká

Real Madrid anuncia contratação de Kaká

Ricardo Izecson Santos Leite, mais conhecido por Kaká no mundo do futebol, é a primeira contratação milionária do Real Madrid para a nova época, foi anunciado segunda-feira. O médio brasileiro de 27 anos, que nas últimas temporadas alinhou pelo AC Milan, de Itália, está na concentração da selecção brasileira, envolvida na qualificação sul-americana para o Mundial2010. A notícia do acordo é avançada pelo clube vice-campeão de Espanha, na sua página web. Kaká, nascido a 22 de Abril de 1982 em Brasília, assina com o Real Madrid por cinco anos anos. As verbas envolvidos no negócio não foram divulgadas, mas fontes ligadas à transferência revelam que o total pago ao AC Milan deverá ascender a 65 milhões de euros, enquanto que Kaká vai ganhar 45 milhões ao longo das cinco épocas.

Selecção nacional de andebol em greve

Os jogadores da selecção nacional de andebol sub-20 amontoaram-se, esta segunda-feira defronte da sede da Federação Moçambicana da mo­dalidade,

Ler mais...

Operação Quénia já em marcha

Mambas regressaram esta segunda-feira ao país e já se preparam para o próximo jogo

Ler mais...

Onda vermelha esteve em Rades

Um bom número de moçambicanos presenciou “in-loco” o jogo Tunisia- Moçambique, tendo alguns vindo de locais distantes como os Estado Unidos da América. Muitos moçambicanos idos de vários cantos não quiseram perder o jogo Tunísia-Moçambique e marcaram uma presença de peso no Estádio de Rades, situado na Cidadela Olímpica 7 de Novembro, a cerca de 20 quilómetros do centro da cidade de Tunis. Um total de 20 excursionistas foram pela mão da Golden Travel, registando-se também a presença de outros tantos excursionistas que viajaram a Tunis em grupos organizados ou de forma individual, com o objectivo de puxarem pela equipa de todos nós. Ainda dos países próximos da Tunísia, há a destacar a vinda de diplomatas moçambicanos radicados no Egipto, com realce para  José Nhalungo, que em tempos foi presidente da Federação Moçambicana de Natação. Os moçambicanos residentes na Europa também estiveram presentes em Tunis, tendo dois saído da Alemanha, concretamente de Berlim, onde residem., mais um moçambicano que veio da Inglaterra para ver o jogo. Da França vieram diplomatas moçambicanos ali radicados, sendo que há registos de compatriotas vindo da itália, já que a Tunísia localiza-se a sudoeste daquela país Europeu (180 km da Sicília). É caso para dizer que a onda vermelha também esteve presente em Tunis.

Birras de Kadafi tramam Paíto e Simão

Os jogadores moçambicanos Paíto e Simão não estiveram no estágio que os Mambas efectuaram na Líbia, tal e qual avançamos na nossa edição de sexta-feira. A sua ausência neste estágio esteve relacionada com a não recepção dos respectivos vistos de entrada na terra do general Muamar Kadafi. Ao que a nossa reportagem apurou, os Líbios recusaram-se a emitir o visto para  Paíto devido ao corte de relações diplomáticas com a Suiça, derivada do facto de um dos filhos de Kadafi ter espancado uma mulher suiça, o que obviamente não foi do agrado das autoridades daquele país europeu. A reacção do líder líbio foi o proibição de entrada de qualquer produto cuja origem seja a Suiça, prejudicando deste modo aqueles que queiram entrar para este país africano oriundos do país do saboroso chocolate. Mas diga-se de passagem, que esta situação poderia muito bem ter sido contornada pela Federação Moçambicana de Futebol, pois alguns diplomatas contactados pela nossa reportagem revelaram que poderiam ter sido accionados outros mecanismos para a emissão de vistos de entrada para estes jogadores, sobretudo para Simão dado que não há registo de corte de relações entre a Líbia e a Grécia.

Ganha quem marca

Ganha quem marca

“O futebol é assim mesmo, ganha que marca. Andamos a jogar futebol o dia todo, mas n~ao conseguimos marcar. O importante é que os jogadores não saiam cabisbaixos, dado que mostramos que temos uma equipa madura, jogamos bem mas infelizmente não conseguimos. Perder por 1 ou 2-0 n~ao faz a diferença, porque são ambas derrotas. Fomosa infelizes, visto que aquilo que produzimos na segunda parte não mereciamos sofrer um golo. Tentei dosear o esforço, já tinha dito que este é um jogo e não um campeonato e quando é assim é bom. Não pensamos na derrota no Quénia, sabemos que temos que derrotar o Quénia para podermos ir ao CAN.”

Derrota serve de lição

Derrota serve de lição

Foi de cabeça erguida que Mart Nooij se apresentou a concorrida conferência de imprensa no final deste jogo em que os Mambas registaram a sua primeira derrota na fase de apuramento. O seleccionador nacional disse aos jornalistas que “para a nossa equipa esta derrota serve de lição, visto que no futebol internacional temos que estar para tudo, dado que não podemos vencer todos os jogos e devemos estar concentrados do primeiro ao último minuto”. Mart Nooij disse ainda que “começamos o jogo de forma modesta e assustada, foi-nos assinalada uma grande penalidade e daí a equipa entrou em problemas. Na 2ª parte mostramos que Moçambique pode jogar futebol, mas no último minuto eles voltaram a marcar num momento que foi de desconcentração da equipa.” O seleccioonador nacional de feutebol disse que os Mambas continuarão a trabalhar no sentido de chegarem à vitória no jogo do próximo dia 20 de Junho diante do Quénia, pelo que os objectivos traçados no início da campanha ainda estãono horizonte da equipa de todos nós.

Lakers batem Orlando e ampliam vantagem

Lakers batem Orlando e ampliam vantagem

Os Los Angeles Lakers sentiram domingo grandes dificuldades, mas conseguiram superar pela segunda vez os Magic

Ler mais...
Superiores no meio-campo  mas inferiores na finalização

Superiores no meio-campo mas inferiores na finalização

Numa partida em que Moçambique merecia sair com outro resultado, a Tunísia foi mais pragmática e acabou saindo com os três pontos

Ler mais...
Moçambique confiante na vitória

Moçambique confiante na vitória

A Selecção nacional de futebol do nosso país defronta esta noite a sua congénere da Tunísia, em partida da segunda jornada do grupo B, das eliminatórias combinadas do CAN e Mundial de 2010.

Ler mais...

Desportivo sob fogo cruzado!

Campeonato da Cidade de Basquetebol em seniores masculinos

Ler mais...
Três grandes de Portugal com prejuízos de 31 milhões de euros nos últimos 9 meses

Três grandes de Portugal com prejuízos de 31 milhões de euros nos últimos 9 meses

Vida complicada para Ben­fica, Sporting e FC Porto.

Ler mais...
Termina hoje “clinic” do Básquete Show

Termina hoje “clinic” do Básquete Show

4 dias é quanto durou a formação para os principais intervenientes Show.

Ler mais...
Deolinda Gimo põe Desportivo em sentido!

Deolinda Gimo põe Desportivo em sentido!

Após ter apontado 30 pontos no jogo de cartaz da sétima jor­nada.

Ler mais...
Bandeira e Lino “examinados” pela FIBA

Bandeira e Lino “examinados” pela FIBA

Maputo é palco de um clinic de renovação de carteira para árbitros.

Ler mais...
Polónia testa África do Sul antes da Taça das Confederações

Polónia testa África do Sul antes da Taça das Confederações

As duas selecções defrontam-se no sábado no Soweto.

Ler mais...
Quem segura o zimbabweano?

Quem segura o zimbabweano?

Sadomba continua firme na liderança dos mais pontuados

Ler mais...
Paolo Maldini diz adeus ao futebol!

Paolo Maldini diz adeus ao futebol!

Paolo Cesare Maldini, nas­ceu em Milão, a 26 de Junho de 1968, é um ex-futebolista italiano.

Ler mais...

Convite a um bocejo e a uma soneca!

Atlético Muçulmano e Desportivo de Maputo proporcionaram um po­bre espectáculo de futebol numa partida marcada pela fraca ac­tuação de ambas as formações e que terminou com um nulo, para o desgosto das centenas de adeptos que se deslocaram ao ex-campo do Maxaquene para ver este encontro da 12ª jornada do Moçambola.   As duas formações entra­ram para as quatro linhas sem grandes alterações nos seus onzes, comparativamente aos escolhidos pelos respectivos treinadores para abordarem a jornada anterior, em que a pri­meira equipa empatou a zero com o HCB, e em que os “alvi-negros” alcançaram uma vitó­ria sofrida diante do Chingale, por 2-1.   Pode-se considerar a mesma uma tarde perdida para quem se deslocou ao ex-campo do Ma­xaquene, pela fraca qualidade do futebol ali disputado.   Na primeira parte há a regis­tar um remate de Josué desvia­do por Samito, junto ao traves­são, para pontapé de canto.   Já o Atlético, a única vez que ameaçou a baliza contrária foi na sequência de um livre de Baúte, controlado sem proble­mas pelo guarda-redes Marce­lino. Na etapa complementar, o convite a um bocejo e a uma soneca continuou, com Baúte a cobrar um livre para as nu­vens.   A melhor oportunidade do jogo pertenceu ao Desportivo, quando Josué desceu pela direi­ta e serviu o esférico a Imo, que no interior da pequena área fez o mais difícil, ou seja, rematou para as nuvens, desperdiçando uma clara ocasião para inaugu­rar o activo.   Com esta toada, Zinanga Xa­vier, o árbitro, que não teve pro­blemas para dirigir esta partida com uma qualidade futebolísti­ca fraca, deu por terminado o encontro com um nulo que pe­naliza as duas equipas.

“Canário” sem asas atropelado pela “locomotiva”

Costa do Sol perde em casa (0-1) diante do Ferroviário de Nampula

Ler mais...

Líder adormeceu e foi surpreendido na sua própria casa

Numa jornada em que o Ferroviário de Maputo, seu mais directo perse­guidor, não jogou, o Costa do Sol perdeu, sábado, em casa, com o Ferroviário de Nampula, então penúltimo classificado, permi­tindo que a Liga Muçulmana, a quem, a par dos “locomotivas” da chamada capital do Norte, vão as honras da jornada, se lhe encostasse na liderança - apenas um ponto separa as duas equipas na tabela classificativa.   Os “canarinhos”, que só têm de se queixar de si mesmos pela derrota, mantêm os mesmos 26 pontos com que entraram para a 12ª Jornada, apenas um ponto a mais que a equipa treinada pelo professor Neca, que recebeu e venceu o Textáfrica de Chimoio, também no sábado, com golo do inevitável Sadomba. A Liga Mu­çulmana trocou de posição com o Ferroviário de Maputo, que conta com 23 pontos.   Troca também aconteceu en­tre “alvi-negros” e “tricolores”, já que os primeiros atingiram a vin­tena de pontos, ao empatarem a zero bola no terreno do Atlético Muçulmano, beneficiando do facto de os segundos - a quem seguiam -, que somavam os mes­mos pontos à entrada para esta jornada, não terem realizado o seu jogo.  MATCHEDJE RECUPERA TERRENO Derrotados em casa pelo FC Lichinga na jornada anterior, os “militares” deslocaram-se no pretérito final-de-semana, ao terreno do aflito Ferroviário de Nacala, de onde regressaram com três preciosos pontos, obti­dos na vitória tangente sobre a equipa agora treinada por Uza­ras Mahomed. O Matchedje pulou da décima para a sétima posição, agora com 16 pontos, menos um que o Fer­roviário da Beira, que também esteve de fora nesta jornada.  FERROVIÁRIO DE NAMPULA VENCEU PELA 1ª VEZ É sem dúvidas um dos marcos da 12ª Jornada, por três motivos: 1º: venceu pela 1ª vez ao cabo de 11 jornadas; 2º: venceu o líder do Moçambola em casa deste; 3º: a vitória permitiu-lhe dar um pu­linho, da 13ª posição para a 12ª, com 9 pontos, numa troca com o Chingale de Tete, que soma seis, mas que também não jogou na pretérita jornada.

Página 315 de 324

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -17-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa419