O País Online - A verdade como notícia

Sábado
19 de Agosto
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto União Desportiva de Songo disputa segunda mão das Afrotaças próximo Sábado

União Desportiva de Songo disputa segunda mão das Afrotaças próximo Sábado

Vencedor da Taça de Moçambique defronta Platinum Stars da África do Sul no Zimpeto

 

Conde, faça lá acontecer…

Primeiro representante moçambicano a entrar em cena nas Afrotaças, a União Desportiva do Songo, faz "sala", sábado, às 18h00, no Estádio Nacional do Zimpeto, ao Platinum Stars da África do Sul, em jogo da segunda "mão" da fase preliminar da Taça CAF.

Com uma desvantagem de um a zero, o vencedor da Taça de Moçambique terá que mudar a estratégia adoptada no encontro da primeira "mão" realizado no Royal Bafokeng Stadium, em Joanesburgo, em que deu posse de bola aos sul-africanos e procurou sair em contra-ataques. Sim, a estratégia deverá ser outra. A jogarem em casa, emprestada, diga-se, os "hidroeléctricos" terão que ser ousados e assumir as despesas do jogo diante de uma equipa que reconhece ter enfrentado dificuldades para vencer por uma margem mínima há sete dias. Mais: a União Desportiva do Songo, ainda que com menos ritmo competitivo e jogos nas pernas comparativamente ao Platinum Stars, terá que jogar ao ataque. Precisa marcar. Precisa apresentar-se com uma equipa solidária, compacta e com capacidade de sofrimento. Mas há que ter atenção ao facto do Platinum Stars, a jogar fora do seu habitat, estar atento as investidas do conjunto orientado por Chiquinho Conde e explorar um futebol directo com perspectiva de surpreender o seu adversário.

Na frente de ataque, Luís Miquissone, referência maior, terá que ser letal. O mesmo recomenda-se a Mário Sinamunda – verdade que está a recuperar de uma lesão – e Jojó – atleta que ficou cerca de seis meses sem competir.

Sem o experimentadíssimo central Mano, a contas com uma lesão, Conde tem como opções na defesa Gildo, ex-Liga Desportiva de Maputo, Stélio, Mucuapel, jogadores que se espera venham a garantir consistência e anulem os "strickers" sul-africanos. É fundamental que, na linha intermediária, Kambala seja de facto o guião para o ataque. Mais: que a União Desportiva de Songo crie a primeira cortina defensiva e não dê espaços para o Platinum Stars construir.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-08-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa411