O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
24 de Março
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto “Canarinhos” querem infernizar “locomotiva”

“Canarinhos” querem infernizar “locomotiva”

Técnico e jogadores dizem que farão de tudo para vencer o Ferroviário de Maputo

O Costa do Sol ainda não venceu nenhuma partida, desde que o Moçambola ZAP iniciou. Perdeu por um a zero diante da Liga Desportiva de Maputo, no jogo da primeira jornada, e consentiu um empate sem abertura de contagem frente ao Ferroviário de Nampula, na segunda jornada.

No sábado, no embate que conta para a terceira jornada, os “canarinhos” não querem ter mãos a medir e treinam questões de posse de bola, para conseguir arrancar os três pontos ao Ferroviário de Maputo.

O médio Loló, que não foi utilizado nos dois primeiros jogos por estar a cumprir um castigo, poderá ser opção de Nelson Santo. Loló acredita num resultado positivo contra os “locomotivas”.

“Sabemos que vai ser um jogo difícil, tendo em conta que perdemos pontos nos primeiros dois jogos. Estamos a preparar-nos para poder arrecadar os três pontos. Vamos jogar em casa e acho que o grupo está motivado para encarar este jogo com mais tranquilidade”, disse Loló, para mais adiante acrescentar que: “Sempre que jogamos em casa, temos maior apoio do nosso público e é evidente que teremos mais força com os nossos adeptos a apoiar-nos na sua máxima força. 

Para Loló, os dois últimos jogos fazem parte do passado e o grupo está coeso, e precisa somar vitórias.

O avançado Lineker diz que os adeptos “canarinhos” devem continuar a apoiar a equipa e os resultados irão aparecer.

“Vai ser um grande jogo e a jogarmos em casa, queremos ganhar. No último jogo, empatamos com Ferroviário de Nampula. A vitória vai aumentar cada vez mais os índices de confiança na equipa”, vaticinou, Lineker, que considera que com a ajuda de Deus vai marcar diante dos “locomotiva” da capital.

Por seu turno, o treinador adjunto do Costa do Sol, Artur Comboio, afirma que a jogar em casa, os “canarinhos” devem mandar no jogo, sendo que, para tal, tem a disposição todo o plantel.

“Esperamos um resultado positivo. Sabemos que o Ferroviário vem de um resultado moralizador e queremos contrariar esse aspecto no sábado. Dizer também que temos a nossa disposição todos os jogadores e em bom estado clínico”.


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -24-03-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa 390