O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
28 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Seis jogadores do Chingale de Tete com malária e cólera

Seis jogadores do Chingale de Tete com malária e cólera

Equipa desfalcada para o jogo com ENH de Vilankulo

É uma grande contrariedade para Mussá Osman, treinador do Chingale de Tete. Seis jogadores, titulares da equipa, contraíram malária e cólera nas residências do clube. Os mesmos irão desfalcar os “canarinhos” de Tete no jogo do próximo domingo diante do ENH de Vilankulo, inserido na terceira jornada do Moçambola ZAP 2017. “Temos, por exemplo, o caso do atleta Clemente que está com índices de cólera, para além do mister Sengo. Estamos a falar de jogadores titulares. É uma situação complicada para nós”, lamentou Victor Ferreira, treinador adjunto do Chingale de Tete.

 “É uma situação que nos encontrou em contrapé. O que temos que fazer é encontrar alternativas para o jogo com o ENH de Vilankulo. Temos outras soluções no plantel e vamos apostar nelas no jogo de domingo”, observou Victor Ferreira. O treinador adjunto do Chingale de Tete frisou ainda que as derrotas nas duas primeiras jornadas do campeonato fazem parte do passado.

A palavra de ordem, agora, passa por vencer e manter os índices motivacionais da equipa. “Infelizmente, não começámos a prova muito bem. Estamos a trabalhar arduamente para voltarmos a ter bons resultados”. Alias, no seio do grupo de trabalho reina, igualmente, muita confiança quanto à obtenção de um bom resultado no encontro com o ENH de Vilankulo. “Estamos confiantes na vitória. Temos um bom grupo e estamos motivados”, disse Paulo. Eugénio, médio do Chingale de Tete, secundou o seu colega e diz que “queremos vencer para fazer as pazes com os adeptos”.

Adeptos do Chingale agastados

Há descontentamento no seio dos adeptos do Chingale de Tete. No último jogo em que a equipa perdeu diante do Maxaquene, por 1-0, Mussá Osman teve que ser escoltado pela polícia. Alguns adeptos dizem que o mau momento da equipa se deve a desorganização na direcção do clube. Os mesmos culparam a direcção pelo mau arranque da época. Estes dizem não entender a saída de muitos jogadores experientes daquela formação.

 


 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -28-07-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa401