O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
29 de Maio
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Ferroviário da Beira humilhado na estreia

Ferroviário da Beira humilhado na estreia

Campeão nacional enfrenta Ferroviário de Maputo quarta-feira

Pesadelo. É, sem sombras de dúvidas, a melhor expressão para descrever a estreia do Ferroviário da Beira, sexta-feira, na fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos. Sem personalidade, solidariedade, coesão e interligação entre os seus sectores, o Ferroviário da Beira foi goleado pelo Etoile du Sahel por 5-0, em jogo inserido na primeira jornada do grupo “A” da milionária prova.

Em pleno “Stade Olympique de Sousse”, o Etoile du Sahel, vencedor da Liga dos Campeões, em 2007, foi simplesmente demolidor perante o debutante conjunto moçambicano.
O massacre começou aos 15 minutos, numa jogada em que o brasileiro Diogo Farias da Silva (Acosta) bateu o desamparado guarda-redes Soarito.

A passagem do minuto 37, o brasileiro voltou a estar em destaque ao colocar Bangoura em excelente posição para fazer dois a zero, resultado com que se foi ao intervalo.

A segunda parte começou tal como terminou a primeira: com o Ferroviário da Beira sem soluções e os donos da casa a pressionarem.
E, como corolário do seu domínio, o Etolie du Sahel da Tunísia chegou a três a zero com um livre exemplarmente cobrado por Lahmar.

Mas houve ainda espaço para o argelino Bouazza, jogador que já representou o Watford e Fulham da Inglaterra, colocar os donos da casa a vencerem por 4-0.  Em noite de inspiração, Acosta fixou o resultado final em 5-0 aos 70 minutos do jogo.

Campeões nacionais regressam Terça-feira

Após a humilhante derrota sexta-feira diante do Etoile du Sahel (5-0), iniciam hoje a viagem de regresso ao país. A delegação, segundo fonte do clube, irá fazer escalas Túnis-Dubai-Joanesburgo-Beira, sendo que a sua chegada está prevista para esta segunda-feira no Chiveve. Terça-feira, em princípio, os campeões nacionais irão cumprir uma sessão ligeira de treinos tendo em vista o embate de quarta-feira diante do Ferroviário de Maputo, em desafio em atraso da 12ª jornada do Moçambola ZAP 2017. O Ferroviário da Beira ocupa a quinta posição com 17 pontos, enquanto o seu homónimo de Maputo é terceiro classificado com 21.

 

 

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -25-05-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa 398