O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
28 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto “Locomotivas” de Maputo querem vencer campeão nacional

“Locomotivas” de Maputo querem vencer campeão nacional

Ferroviário de Maputo defronta Ferroviário da Beira quarta-feira

O Ferroviário de Maputo desloca-se, amanhã, a Chiveve, onde defronta, quarta-feira, o seu homónimo da Beira, em partida de atraso da 12ª jornada, que não se disputou devido à participação dos campeões nacionais, na fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

Os jogadores e equipa técnica dos “locomotivas” da capital do país dizem que vão ao caldeirão procurar os três pontos, aproveitando-se da fraqueza que o seu adversário tem, tendo em conta a goleada sofrida no final de semana.

O Ferroviário da Beira jogou na sexta-feira, em Sousse, Tunísia, diante do Etoile du Sahel, tendo perdido por cinco bolas sem resposta, naquela que foi a sua estreia na fase de grupos da “champions” africana.

Para os treinados de Lucas Barrarrijo, esta derrota será aproveitada para conquistar os três pontos em disputa. “Não acredito que o Ferroviário da Beira esteja desmoralizada por causa da derrota, tanto mais que são duas competições diferentes, mas nós (Ferroviário de Maputo) temos que aproveitar essa derrota para ganharmos mais forças de ir ao ‘Caldeirão’ vencer e atingir os nossos objectivos”, disse Timbe, jogador dos “locomotivas” da capital, que foi secundado por Diogo, capitão da equipa, que refere que “vamos a Beira na máxima força e queremos aproveitar o facto da equipa da Beira estar menos fortificada devido à derrota, para sairmos de lá com uma vitória”.

Esta visão é defendida por Carlos Baúte, Técnico-adjunto dos “verdes-e-branco” de Maputo, que defende que o seu homónimo da Beira “vai procurar reverter o resultado negativo alcançado na Liga dos Campeões, de modo a regressar aos bons resultados”, mas o facto é que “nós teremos uma palavra a dizer, uma vez que temos os nossos próprios objectivos e queremos alcança-los”, referindo a uma vitória no Chiveve.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -28-07-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa401