O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
23 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Witiness Quembo continua no Nacional da Madeira

Witiness Quembo continua no Nacional da Madeira

Internacional moçambicano quer ajudar Nacional da Madeira a subir de divisão
O internacional moçambicano, Witiness Quembo, renovou o seu contrato com o Nacional da Madeira, após falhar a transferência para o Alaves (Espanha), clube que se mostrou interessado nos seus serviços.

Época difícil

A época 2016/2017 foi atípica para o internacional moçambicano Witi Quembo, jogador que evolui no Nacional da Madeira de Portugal. A lesão contraída a meio da época afastou-o dos relvados por alguns meses, impossibilitando-o de ajudar os "insulares" a permanecerem na primeira divisão. Feitas as contas, o jogador dos Mambas contabilizou apenas 12 jogos na temporada finda. Ainda assim, o Alaves, conjunto da La Liga (Espanha), um dos campeonatos mais competitivos do mundo, manifestou o interesse em contratá-lo, mas questões pontuais inviabilizaram o negócio.

"Eu também tenho acompanhado os jornais. Eu tive esta informação do interesse do Alaves também através do meu empresário, Zuneid Sidat. Conversou comigo sobre esta proposta, mas o negócio não chegou de avançar por algumas questões que só ele pode explicar", começou por explicar o avançado. Adiante, deixou claro o seu futuro: " Dizer que, neste momento, já sei para onde eu vou voltar. Já assinei contrato com o Nacional da Madeira. Vou começar a minha caminhada na próxima época neste clube", esclareceu.

Quatro vitórias, nove empates e vinte e uma derrotas e um saldo de 21 pontos atiraram o Nacional da Madeira para o último lugar da Liga Portuguesa e consequente descida de divisão. Witiness espera voltar a sua melhor forma competitiva para ajudar a sua equipa a regressar a Primeira Liga. "O meu foco na próxima temporada é voltar a jogar e ajudar a minha equipa a ter bons resultados, neste caso a subir de divisão. Este é o primeiro objectivo. Não penso noutra coisa senão em ajudar o clube a voltar a Primeira Liga. Ao nível individual vou dar tudo em campo para poder ajudar o grupo", defendeu.

E acrescentou, recordando com alguma tristeza o condicionalismo que a lesão lhe criou: "Andei lesionado. Não fiz muitos jogos. Foi uma das coisas que afectou a minha época este ano. Agora já estou cem porcento. Vou voltar com a máxima força para ultrapassar aquilo que fiz na época passada".

 


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -23-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa420