O País Online - A verdade como notícia

Quinta-feira
19 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Jogo entre Mambas e Guiné Equatorial cancelado por problemas logísticos

Jogo entre Mambas e Guiné Equatorial cancelado por problemas logísticos

Secretário-geral da FMF disse que adversário cancelou jogo devido a desentendimento entre agente FIFA e a federação de futebol local

O jogo amigável, inserido na data-FIFA, entre as selecções de Moçambique e da Guiné Equatorial, agendado para 7 de Outubro, já não será realizado por motivos de logística, anunciaram as autoridades desportivas equatorianas.

A Federação Moçambicana de Futebol convocou, ontem, a imprensa para informar que a partida amigável, entre os Mambas e a Guiné Equatorial, foi cancelada, uma situação que baralha todo o trabalho planificado.

O secretário-geral da Federação Moçambicana de Futebol, Filipe Johane, disse que o adversário decidiu pela não realização do encontro, devido a um desentendimento, entre o agente FIFA - que estava em frente da organização do jogo - e a federação de futebol local.

“Convocamos esta conferência de imprensa para informar o cancelamento do jogo, anunciado na semana passada que iria se realizar contra a Guiné Equatorial”, começou por dizer Filipe Johane, para mais adiante acrescentar “na comunicação havida entre a Federação Moçambicana de Futebol e a Guiné Equatorial, onde esteve envolvido um agente para organizar este jogo, a partir do dia 8 de Setembro, fomos comunicados da pretensão daquele país em organizar o jogo amigável. Moçambique confirmou a intenção de realizar a partida em Maputo noutras datas. Mas este Guiné quis que o jogo fosse em Malabo, depois passaram-se os trâmites administrativos formais”.

De acordo com secretário-geral de FMF, normalmente, para a realização de confrontos desta natureza tem envolvidos os agentes FIFA, para caso, era de nacionalidade francesa, de nome Pier, e os contratos foram assinados. E um dos aspectos referidos era que a Guiné Equatorial suportaria as despesas de deslocação da nossa selecção, alimentação, alojamento, mas a FMF começou a sentir falhas, não de comunicação, mas sim de desentendimentos entre o agente FIFA e a federação equatoriana, em termos de caché.

Filipe Johane avança também, que pelo tempo escasso para contornar este problema, só lhe restava cancelar o jogo, pelo que já comunicaram a FIFA sobre o assunto.

O jornal O País ficou a saber que a FMF enviou a lista de toda a delegação para Guiné Equatorial, mas, até ontem, não haviam recebido as passagens áreas.

Contudo, conforme avançou a fonte, mantém-se o programa da realização do jogo contra Cabo Verde, no dia 10 em Portugal, sendo que a equipa viaja para Lisboa, no próximo dia 5 de Outubro.      

Fazer reajuste do plano

Para o seleccionador nacional, Abel Xavier, a situação é desagradável, mas afirma que a equipa técnica vai fazer o reajuste do plano de trabalhos.

“A situação desagrada-nos, seriam um jogo que serviria para retirar novos dados, mas vamos reagir rapidamente para reajustar o plano de trabalho com os jogadores que já estão em Maputo e os vêm das províncias”, esclareceu o timoneiro dos Mambas, para noutro desenvolvimento dizer “vamos nos concentrar no jogo contra Cabo Verde”.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa419