O País Online - A verdade como notícia

Quinta-feira
19 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Abel Xavier indignado....

Abel Xavier indignado....

“Os meus jogadores têm feito um grande trabalho e isso eu não quero perder”

O seleccionador nacional dos “Mambas”, Abel Xavier, mostrou-se indignado com algumas adversidades que tem enfrentado no seio do grupo de trabalho da selecção nacional. Para Abel Xavier não se deve exigir resultados aos jogadores sem as melhores condições.

Depois de ver cancelado o jogo de preparação diante da Guiné Equatorial, facto que desestruturou a programação inicialmente agendada, a selecção se dividiu em dois grupos, onde um esteve a treinar, primeiro, no campo do Maxaquene, na baixa da cidade e outra a concentrar-se em Lisboa.

Aliás, a realização de treinos do combinado nacional no campo do Maxaquene, que não reúne condições adequadas para actividades futebolísticas, tem vindo a dividir opiniões dos amantes do futebol moçambicano. Uns alegam que o campo do Maxaquene não tem, actualmente, condições para albergar treinos dos Mambas, pese embora se localize próximo ao quartel general dos Mambas, enquanto outros continuam a optar por ver o conjunto de todos nós a treinar em terrenos melhores preparados, caso do Estádio Nacional de Zimpeto, o estádio nacional.

Abel Xavier, na sessão de treinos da terça-feira, mandou recados às estruturas que gerem o futebol moçambicano, em especial à selecção nacional, mostrando-se agastado com algumas adversidades que tem enfrentado, sem no entanto especificar.

Abel Xavier diz que o trabalho que tem sido feito por ele e os jogadores não deve ser alvo de sabotagem. “ Eu sou uma pessoa muito séria naquilo que faço, portanto isto é a minha vida e a vida dos meus jogadores”.

Abel Xavier acrescentou ainda que jogadores não devem permanecer sem a competitividade interna.

Daí que não se pode exigir resultado aos jogadores sem que sejam criadas condições para tal. “Os meus jogadores têm feito um grande trabalho, e isso eu não quero perder, aliás, foram os jogos prévios que nos fizeram fortes frente à selecção na Zâmbia”.

O seleccionador nacional defende determinadas condições para se competir a um determinado nível.

Os Mambas realizaram a primeira sessão de treinos no campo do Maxaquene, na baixa da cidade de Maputo, tendo somente na tarde de hoje realizado um treino no Estádio Nacional do Zimpeto.

Assim, os Mambas partem amanhã para um estágio em Portugal, antes do jogo frente aos cabo-verdianos, que também terá o seu estágio em terras lusas.

De referir que o jogo particular dos Mambas tem como objectivo principal a preparação para os embates da dupla jornada entre a Guiné-Bissau e Namíbia, de qualificação ao CAN-2019, que terá lugar nos Camarões.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa419