O País Online - A verdade como notícia

Quinta-feira
19 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Ferroviário com teste de fogo

Ferroviário com teste de fogo

Ferroviário de Maputo e Desportivo JAT protagonizam, hoje, às 21h00, no pavilhão dos “alaranjados”, jogo de cartaz da segunda jornada da segunda volta do Campeonato da Cidade de hóquei em patins

08.10.2017. Data em que, dada a luta pela liderança que os jogos enceram, há-de ser uma jornada profícua em termos de espectacularidade nos “rinks” do pavilhão do Estrela Vermelha.

São, é certo, três jogos que corporizam a sétima jornada do Campeonato da Cidade de hóquei em patins, mas são dois aos quais nos atemos: Estrela Vermelha vs Desportivo “B” e Ferroviário de Maputo vs Desportivo JAT.

Nem mais, até pelas ambições das quatro equipas na prova. Começando, naturalmente, pelo fim. Porque, como é de praxe, o “melhor” fica mesmo para o fim. 21h00, Desportivo JAT e Ferroviário de Maputo sobem ao “rink” do pavilhão do Estrela Vermelha para esgrimirem argumentos na luta pelos três pontos em disputa.

Segundo classificado na prova, com menos três pontos que o líder Estrela Vermelha, Desportivo JAT parte para este desafio com a vitória no horizonte.

Aliás, não tem outro caminho e muito menos escolha se, efectivamente, quiser continuar a pressionar o Estrela Vermelha na luta pela conquista do Campeonato da Cidade.

Por isso, espera-se um conjunto “alvi-negro” pressionante e a cair sobre o seu adversário que ocupa a terceira posição na prova com nove pontos.

De resto, será interessante perceber como é que a juventude “locomotiva” reage a humilhação imposta pelos “alaranjados”, por 11-0, na última ronda.

Com uma equipa renovada, e formada por alguns valores que estiveram presentes no estágio da selecção nacional em Lisboa, Portugal, o Ferroviário de Maputo quer arrancar uma vitória esta noite para reduzir a diferença em relação ao Estrela Vermelha e o próprio Desportivo.

Pedro Tivane, treinador do Ferroviário de Maputo, avisara que ia dar um “puxão de orelhas” aos seus rapazes para que estes mostrem o seu real valor nos “rinks”.

Estrela no trilho do Desportivo “B”

Uma miscelânea de juventude e experiência, o Desportivo “B” tem pela frente, esta noite, o Estrela Vermelha, líder da competição com 18 pontos.

Um jogo também interessante de seguir, porquanto os “alaranjados” pretendem manter a sua senda vitoriosa na competição.

E, justamente, frente a um Desportivo “B” que têm bons valores que se apresentam como o presente do futuro. E são jovens com “arrogância” competitiva que querem contrariar o favoritismo dos “alaranjados”.

Académica com tarefa facilitada

Com melhor estrutura que o seu adversário, a Académica, quarto classificado da prova, bate-se com a frágil formação do Dom Bosco. É um jogo em que os “estudantes” são claramente favoritos a alcançar a vitória.

Motivada pela vitória na última jornada diante do Desportivo “B”, por 9-2, a Académica sabe bem que um triunfo esta noite e desaire do Ferroviário de Maputo coloca esta formação isolada no terceiro lugar da prova.

À procura da sua primeira vitória na competição, o Dom Bosco entra para o “rink” ciente das dificuldades que irá encontrar no confronto com os “estudantes”, mas crente de que pode surpreender.


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa419