O País Online - A verdade como notícia

Quinta-feira
19 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Desporto Desporto Mambas realizam primeira sessão de treinos em Portugal

Mambas realizam primeira sessão de treinos em Portugal

 

“Houve alguns pedidos por parte de alguns clubes para a gestão dos próprios jogos”

Os treze jogadores que partiram de Maputo com destino a Portugal, nomeadamente os 11 que actuam no Moçambola Zap e mais dois que jogam no Cape Town City da África do Sul (Jeitoso e Edmilson), já se juntaram aos restantes colegas que actuam em campeonatos europeus, já em Lisboa, para darem continuidade aos trabalhos de preparação com vista ao jogo da terça-feira, diante do Cabo Verde, na Madeira.

Na tarde da última sexta-feira, realizaram a sua primeira sessão de treinos em solo português, sem a presença de Witi e Bhéu, jogadores do Nacional da Madeira, que tiveram um jogo na tarde de sábado e que se juntaram ao grupo no domingo. Witim, recorde-se, foi chamado a última hora para fechar o lugar do lesionado Domingues, que não integra a convocatória final. Aliás, desta convocatória sai também Malembane, que regressava ao conjunto nacional, depois de ter sido chamado na jornada dupla diante de Angola e Lesotho, amigáveis que tiveram lugar em Março passado.

Abel xavier, seleccionador nacional, diz que os jogadores estão bastante motivados para enfrentar o jogo da terça-feira, havendo muita entrega nos treinos. “Mas os jogadores estão bem, estão motivados e estarão todos juntos a partir de domingo (ontem) com a integração de Bhéu e Witi, e estamos confiantes. A qualidade de trabalho tem sido bem absorvida pelos jogadores”, disse Abel Xavier que garante introduzir exercícios mais complexos nos treinos, como forma de preparar os jogadores para adversários mais complicados, como será o caso da Guiné-Bissau: “vamos entrar um bocadinho mais na complexidade em forma de exercício, por obviamente, de facto, vamos encontrar adversários que nos vão obrigar a uma inteligência muito mais táctica e, portanto, temos que treinar todos esses aspectos”.

Trabalhos específicos no final de semana

Mas os trabalhos iniciais da selecção nacional, mais precisamente no final de semana tiveram duas vertentes distintas. Numa primeira fase foi preciso ver o estado anímico dos jogadores, conversar “individualmente com os jogadores para perceber como eles estão” antes dos trabalhos de campo, mesmo reconhecendo a motivação que levaram para o estágio em Portugal.

Abel Xavier assume que a motivação e um aspecto “extremamente importante”, mas é preciso ter em conta que são jogadores que estão “quase” a meio da época futebolística. E nesta época as cautelas são poucas para os jogadores, dai que já tenham iniciado os pedidos. “Houve alguns pedidos por parte de alguns clubes para a gestão dos próprios jogos”, ou seja, para que não fossem utilizados em jogos amigáveis, devido a problemas físicos. Abel Xavier fala desses jogadores, que obrigaram ao reajuste da convocatória. “Isso deveu-se ao facto de termos tido duas lesões em relação a convocatória anterior, nomeadamente Malembane e Domingues. Mas nós mantemos o nosso grupo, com menos duas unidades, face a convocatória inicial, mas que me dão garantias”, garante o seleccionador nacional de futebol.

A outra vertente dos primeiros dias de trabalhos de preparação dos Mambas e na componente física, dentro do campo, onde “vamos dar conteúdos naquilo que é o mais importante na nossa identidade de jogo”. E o mais importante é trabalhar as “movimentações ofensivas, organizações defensivas e alguns aspectos de transição que tem sido a mais-valia que nós temos em relação ao nosso jogo”, disse Abel Xavier, seleccionador nacional.

Jogadores motivados

A motivação dos jogadores começou a ser demostrada ainda em Maputo, mas em Portugal aumentou em função da junção do grupo. Os jogadores mostram-se confiantes na obtenção de um bom resultado, terça-feira, realçando a motivação que reina no seio do conjunto. “O grupo está muito motivado e já estamos todos juntos. Isto é muito positivo e só espero que tudo corra bem”, disse Telinho, avançado chamado para dar seu contributo com golos diante do Cabo Verde.

Ratifo, que andou de fora da sua equipa na Alemanha, também diz estar preparado para o jogo e com ambições de vencer, deixando claro que fisicamente está bem. “O grupo está bom e motivado. Este é o meu primeiro treino com o grupo de trabalho e espero que tudo corra bem. Estou preparado e o meu corpo está bom”, garantiu o alemão naturalizado moçambicano.

Os Mambas realizam os treinos no campo número 3 do Estádio do Jamor e o embate diante do Cabo Verde, terça-feira, será no Estádio Massamá, na Madeira.

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 


 

EQUIPAANO
Ferroviário da Beira 2014
Ferroviário da Beira2013
Liga Muçulmana2012
Ferroviário De Maputo 2011
Maxaquene2010
Ferroviário De Maputo2009
Atlético Muçulmano2008
Costa Do Sol 2007
Desportivo De Maputo2006
Ferroviário Da Beira2005
Ferroviário De Maputo2004
Ferroviário De Nampula2003
Costa do Sol2002
Maxaquene2001
Costa do Sol2000
Edição Impressa419