O País Online - A verdade como notícia

Domingo
21 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Economia Economia Inflação média foi de 11.17% em 2011

Inflação média foi de 11.17% em 2011

Contribuíram para esta subida generalizada dos preços, em 2011, a divisão de produtos alimentares, bebidas alcoólicas, gasolina, carvão vegetal e o ensino superior público.

Os dados revelam ainda que só a inflação do mês de Dezembro último foi de 1.38%.  Trata-se de uma variação que podia ter sido pior se o metical não tivesse continuado forte, durante todo o ano de 2011, em relação às principais moedas estrangeiras que circulam no mercado interno.

Dados revelados ontem pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) indicam que a inflação média anual em Moçambique situou-se nos 11.17%, em 2011, contra uma inflação média anual de 12.43% em 2010, o que representa uma redução de 1.26 pontos percentuais.

Em termos acumulados, a inflação foi de 6.14% em 2011, o que representa uma queda de 11.26% comparativamente ao ano anterior.

Contribuíram para esta subida generalizada dos preços, em 2011, a divisão de produtos alimentares, bebidas alcoólicas, gasolina, carvão vegetal e o ensino superior público. Os dados revelam ainda que a inflação do mês de Dezembro último foi de 1.38%. 

Essencialmente, a inflação média anual assim como a acumulada – que agregam as três principais cidades do país - foram influenciadas pela variação dos preços nas cidades da Beira e Nampula.  De correcto, na inflação acumulada (6.14%), a cidade de Nampula foi a que mais contribuiu, ao registar uma variação de 7.79%. Enquanto isso, a cidade da Beira é a segunda maior contribuinte da inflação média anual, tendo registado uma variação de 10.52%. 

Uma variação da inflação abaixo das previsões do governo

Os números comportam-se de outra maneira em relação às previsões do governo em termos de inflação para 2011, na medida em que a referência usada para a previsão são os preços da cidade de Maputo.

Agora, a previsão de inflação média anual para 2011 era de 10.8%, contra uma inflação média anual de 10.35%, o que significa que a variação situou-se 0.45% abaixo do previsto pelo Governo.

O director-adjunto das Contas Nacionais e Indicadores Globais, Firmino Guilichi, revelou que se tem tomado como referência a cidade de Maputo para a previsão da inflação “por razões históricas”, mas que “pela performance que se tem registado no cálculo da inflação agregada (das três principais cidades)” por parte do INE, o Governo passará em breve a considerar as variações das outras duas principais cidades capitais do país (Beira e Nampula).

Em termos acumulados, a inflação prevista era de 8.4%, tendo a cidade de Maputo registado uma inflação de 5.46%, o que representa uma variação acumulada do índice de preços de 2.94% abaixo da prevista pelo executivo moçambicano.

Leia mais na edição impressa do «Jornal O País»
 


publicidade

Moeda

Compra

Venda

DolarUSD30,15 30,75
Rand ZAR 2,72 2,78
EuroEUR38,9139,69
LibraGBP49,6650,66
IeneJPY0,27620,2808

Edição Impressa - O País Económico

Edição Impressa 259