O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
22 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Economia Economia Comércio entre Moçambique e China cresce 2.24% em Janeiro

Comércio entre Moçambique e China cresce 2.24% em Janeiro

Empresas chinesas venderam produtos no valor de 120 milhões de dólares

As trocas comerciais entre Moçambique e China aumentaram no valor de 168 milhões de dólares em Janeiro, revelam dados oficiais do gigante asiático, recentemente divulgados. O valor representa um crescimento de 2,24% em comparação com o que se verificou em Janeiro de 2016 (período homólogo).

Segundo os dados, as empresas chinesas venderam produtos no valor de 120 milhões de dólares, mais 2,16% e compraram bens no montante de 47 milhões de dólares, 2,44%.

O documento não especifica os produtos de troca, mas a madeira é um dos maiores produtos de exportação de Moçambique para a China, sendo que os de importação incluem electrodomésticos, equipamentos para a área das construções, industriais, entre outros.

No grupo dos países de língua portuguesa, Moçambique é o quarto maior parceiro comercial da China depois do Brasil, Angola e Portugal.

Ainda em Janeiro deste ano, o comércio entre a China e os países de língua portuguesa atingiu 8 281 milhões de dólares em Janeiro de 2017, montante que representa um aumento homólogo de 7,52%.

Angola e Brasil foram responsáveis por 92% das trocas comerciais entre a China e os oito países de língua portuguesa com um total de 7 625 milhões de dólares.

 


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-09-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa414