O País Online - A verdade como notícia

Sábado
22 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Economia Economia MOZEFO apresenta oradores para a 2.ª edição do Grande Fórum

MOZEFO apresenta oradores para a 2.ª edição do Grande Fórum

México, Costa Rica, Espanha e Maurícias são algumas das experiências internacionais que vão enriquecer o Grande Fórum MOZEFO

Realizou-se ontem, no Hotel Polana, em Maputo, a reunião da Comissão de Honra do MOZEFO, que teve como propósito a apresentação dos oradores confirmados para 2.ª Edição do Grande Fórum que se realiza nos dias 22, 23 e 24 de Novembro em Maputo, subordinado ao tema “Conhecimento, Motivação, Acção: Acelerar o Caminho para o Desenvolvimento Sustentável”. 

O Grande Fórum MOZEFO 2017 vai reunir, em Maputo, um conjunto de prestigiados oradores internacionais. Entre os nomes confirmados, destacam-se antigos governantes, como Vicente Fox, antigo presidente da República do México; Laura Chinchilla, antiga presidente da República da Costa Rica; José Luis Zapatero, antigo primeiro-ministro de Espanha ou ainda Rama Sithanen, antigo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças das Maurícias. E a estes juntam-se nomes relevantes de diversas áreas de actuação, como Lawrence Haddad, director executivo da Aliança Global para Melhoria da Nutrição (GAIN); Silvio Meira, fundador do Porto Digital no Brasil; Mihaela Smith, co-fundadora e CEO da Commonwealth Partnership for Technology Management (CPTM) e Ricardo Tadeu, CEO da AB InBev para África. O debate em torno da temática do conhecimento será ainda enriquecido pela participação de oradores nacionais de referências, estando já confirmadas as participações de Graça Machel, presidente da FDC e activista social; Luísa Diogo, antiga primeira-ministra; Jorge Ferrão, reitor da Universidade Pedagógica; Francisco Noa, reitor da Universidade Lúrio e Lourenço do Rosário, reitor da Universidade Politécnica.

Os debates desta segunda edição do MOZEFO vão abordar a temática do conhecimento no âmbito de três pilares: Conhecimento e Capital Humano; Conhecimento e Inclusão Social e Conhecimento e Desenvolvimento Sustentável.

Os nomes apresentados na reunião da Comissão de Honra concretizam o objectivo do Fórum de trazer a Maputo, oradores de referência a nível mundial, que representem boas experiências internacionais e exemplos de motivação para a sociedade, garantindo assim um debate sério e construtivo em redor das temáticas do desenvolvimento nacional.

A reunião da Comissão de Honra serviu ainda para apresentar a próxima conferência internacional, a realizar no dia 30 de Maio, em Joanesburgo, África do Sul, sob o tema “Mozambique – South Africa, Building Bridges for Economic Development”, que, à semelhança da conferência realizada, o ano passado, em Portugal, tem como objectivo promover um debate sobre as relações económicas entre os dois países e os respectivos blocos regionais, com vista a consolidar as pontes bilaterais e proporcionar um espaço de encontro entre decisores, investidores, parceiros, académicos e os cidadãos em geral.

A realização da conferência na África do Sul concretiza um dos grandes objectivos deste segundo ciclo do MOZEFO, a sua internacionalização, com o intuito de alcançar um público mais global, possibilitar a atracção de novos investimentos e promover a troca de experiências e conhecimento que possam promover o crescimento acelerado, inclusivo e sustentável de Moçambique.

Mário Machungo

Membro da Comissão de Honra do MOZEFO

“A iniciativa MOZEFO é muito boa. Os momentos correm e as soluções dos grandes problemas dos países passam por redesenhar estratégias de desenvolvimento, baseadas em conhecimento. A grande riqueza que as nações têm é o factor humano. Trazer pessoas dos vários quadrantes do mundo com experiência e conhecimento para virem descrever a suas experiências, não é para dizerem o que devemos fazer, é muito útil para o moçambicano desenhar melhor o caminho que deve percorrer para resolver seus grandes problemas.”

José Reino da Costa

Membro da Comissão de Honra do MOZEFO

“O Grande Fórum MOZEFO acontece de dois em dois anos. Aconteceu há dois anos a primeira edição, um evento com outra dimensão e em três dias, onde vêm muitos oradores internacionais que vêm partilhar as suas experiência relativamente àquilo que nos seus países foi feito para o desenvolvimento em termos de conhecimento, de educação e em termos económicos e, portanto, a expectativa é muito grande, vamos ter um leque alargado de personalidades muito importantes. A expectativa é que os moçambicanos participem em massa.”

Narciso Matos

Membro da Comissão de Honra do MOZEFO

“Foi um encontro importante e não é o primeiro. Aqui, foram apresentado-nos, mais uma vez, quais são os objectivos do próprio Fórum MOZEFO, quem são os intervenientes principais, tanto de dentro do país como pessoas que hão-de vir de fora e partilhar as experiências de transformações sociais, políticas e económicas de seus países e, desta vez, vamos ter experiências de zonas geográficas que não são muito frequentemente conhecidas em Moçambique, de México, Espanha, Costa Rica e Brasil. Isso vai enriquecer os debates que vamos ter.”

Daniel David

Membro da Comissão de Honra do MOZEFO

“Estamos a trabalhar com todo afinco para garantir que este evento seja um sucesso. Hoje anunciamos o primeiro leque de oradores e esperamos que, até finais do próximo mês, possamos anunciar os oradores finais. Já foram enviados convites, próxima semana enviaremos mais, para garantir que os painéis estejam completos. Esperamos que a organização e o trabalho que está a ser feito garanta que seja mais um evento de excelência que traga resultados positivos para aqueles que participarem e acompanharem o evento.”

 


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -20-07-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa401