O País Online - A verdade como notícia

Sábado
21 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Economia Economia “Projecto dá credibilidade às PME a partir do prestígio, da visibilidade e do networking que proporciona”

“Projecto dá credibilidade às PME a partir do prestígio, da visibilidade e do networking que proporciona”

UX Information Tecnologies é uma das PME que tem-se destacado no empreendedorismo social

A UX Information Tecnologies é uma start up moçambicana criada em 2012, a partir de uma garagem. Desde a sua formação, a empresa composta por jovens tem-se destacado no empreendedorismo social.

Há cinco anos, a UX idealizou aquilo que veio a ser o maior portal de busca de emprego de Moçambique, o “emprego.com”, uma plataforma digital de submissão de candidaturas. Mais tarde, a empresa lançou mais um produto no mercado, o “Biscate”, que é uma aplicação que liga trabalhadores do sector informal a clientes, através de tecnologias SMS, USSD e Web.

Na quinta edição do Prémio 100 Melhores PME, a UX logrou-se vencedora da categoria PME Inovação, um prémio que somou inúmeras vantagens para a empresa.

Acompanhe uma breve entrevista com Frederico Silva, co-fundador da empresa.

Como foi receber a notícia de que eram os vencedores do Prémio Inovação, na quinta edição do Prémio 100 Melhores PME?

A notícia foi extremamente positiva, tendo em consideração que era a segunda vez que estávamos a concorrer para esta categoria.

O que vos motivou a participar?

Acreditamos que este projecto dá credibilidade às PME a partir do prestígio, da visibilidade e do networking que proporciona.

Qual é o valor que foi agregado para a vossa empresa ao participar deste projecto?

Para além do prestígio e visibilidade que nos proporcionou, o prémio incluiu a divulgação da campanha de um dos nossos produtos de bandeira, o emprego.co.mz, no canal Stv. Isto permitiu o uso de marketing tradicional para um produto digital e, consequentemente, uma abrangência bastante significativa.

Para além dos prémios, consideram importante fazer parte desta rede de negócios?

 Cremos que sim. É algo que nos coloca no “radar” de grandes empresas, o que tem o potencial de nos trazer novas parcerias e outras oportunidades de negócio.

O que acham do tema escolhido para esta edição: Fortalecer as Cadeias de Valor do Conteúdo Nacional?

Acho que é um tema que deve ser abordado de forma séria, uma vez que, por vezes, o “conteúdo local” se torna um jargão usado para que as grandes empresas possam assumir um determinado posicionamento. É imprescindível que as empresas locais também se familiarizem com este conceito, para que não seja apenas uma tendência entre as multinacionais. Em suma, acho bastante relevante que a sexta edição do Prémio 100 Melhores PME reitere a importância deste tema.

Que mensagem gostaria de passar para outras PME sobre o projecto?

Recomendo que participem. Este é talvez o mais prestigiado prémio a nível local para PME, e o impacto é sem dúvida relevante.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -20-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa420