O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
23 de Junho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Entrevistas

Entrevistas

“Gostaria de ver  a nossa literatura mais traduzida”

“Gostaria de ver a nossa literatura mais traduzida”

O escritor e docente moçambicano, Lucílio Manjate, diz que a falta de tradução e exploração em outras artes da literatura moçambicana diminui a visibilidade dos escritores. Além desta colocação, o primeiro vencedor do Prémio Eduardo Costley White partilhou com o jornal o seu pensamento sobre o estágio da literatura e outros assuntos afins.  Manjate falava cinco dias depois de ter sido anunciado vencedor do concurso literário que tinha Mia Couto como presidente do júri.

Ler mais...
“Só reconsidero a minha posição se Daviz Simango assumir a culpa e pedir desculpas públicas”

“Só reconsidero a minha posição se Daviz Simango assumir a culpa e pedir desculpas públicas”

Mahamudo Amurane sente-se sem apoio da liderança do partido e coloca o lugar à disposição como candidato em 2018

Ler mais...
Nelson: um defesa que marca golos e almeja jogar nos Mambas

Nelson: um defesa que marca golos e almeja jogar nos Mambas

Jogador do Maxaquene sonha em jogar na Europa

Ler mais...
“Não estamos satisfeitos com o desempenho”

“Não estamos satisfeitos com o desempenho”

Salim Cripton Valá fala da evolução da Bolsa de valores de Moçambique e os seus desafios para o futuro

Ler mais...
“Não houve renovação com Artur Semedo por falta de boa vontade”

“Não houve renovação com Artur Semedo por falta de boa vontade”

Presidente da UDS fala da época futebolística 2017 e da possível ida de Luís Miquissone a Europa 

Ler mais...
“Continuo sendo a voz do povo”

“Continuo sendo a voz do povo”

O álbum de estreia de Edson da Luz, Azagaia, como assina as suas composições, completa uma década de história em Novembro deste ano. Foi precisamente no dia que se celebra a cidade de Maputo que o jovem disponibilizou o seu “Babalaze” e jamais houve agitação parecida por conta do lançamento de um CD. Foi a pretexto desse trabalho que mereceu a segunda edição dada à sua procura que Azagaia concedeu uma entrevista ao Jornal O País. Não falou apenas do primeiro álbum, o segundo – “Cubaliwa” – e muitos aspectos ligados à sua conturbada carreira vieram ao de cima. Mesmo sem muitas novidades e com poucas aparições em público, o artista assume que continua sendo a voz do povo, o povo que está no poder.

Ler mais...
ÁGUA: As restrições vão continuar por meses

ÁGUA: As restrições vão continuar por meses

“No pior cenário, daqui a um ano não temos água nenhuma”

Ler mais...
“É preciso sair do conflito e avançar para uma paz positiva”, Severino Ngoenha

“É preciso sair do conflito e avançar para uma paz positiva”, Severino Ngoenha

Ngoenha considera que o diálogo político não pode estar centrado em apenas dois partidos

Ler mais...
“É preciso sair do conflito e avançar para uma paz positiva”, Severino Ngoenha

“É preciso sair do conflito e avançar para uma paz positiva”, Severino Ngoenha

Ngoenha considera que o diálogo político não pode estar centrado em apenas dois partidos

Ler mais...
“O melhor momento da Stv ainda está por vir”, Daniel David

“O melhor momento da Stv ainda está por vir”, Daniel David

Stv assinala a 25 de Outubro, 15 anos desde que iniciou sua emissão

Ler mais...

"Um dos problemas da nossa literatura é estar trancada num beco sem saída"

Adelino Timóteo é um dos escritores nacionais que mais publica na actualidade. Tal evento concorre para que o autor de Nós, os do Macurungo seja alvo de alguns “ataques” por parte dos seus homólogos. Mas Timóteo não se deixa levar com as “querelas” à volta da sua velocidade de escrita. Pelo contrário, nesta entrevista, o artista realça o seu compromisso com a escrita – escrevendo como se quisesse resgatar o tempo furtivo da infância –, fala dos valores que lhe caracterizam como homem, dos traços que lhe são peculiares como criador, refere-se a alguns problemas da literatura moçambicana e deixa recados aos escritores e aos políticos.

Ler mais...
O Município da Matola aos olhos de Calisto Cossa

O Município da Matola aos olhos de Calisto Cossa

45 anos depois da elevação a cidade

Ler mais...
“Actor tem que ter a qualidade de saber fazer rir, chorar e pensar”, Adelino Branquinho

“Actor tem que ter a qualidade de saber fazer rir, chorar e pensar”, Adelino Branquinho

Branquinho é co-fundador do primeiro grupo profissional de teatro no país

Ler mais...
“Discordo desta economia completamente desregulamentada”, Fernando Couto

“Discordo desta economia completamente desregulamentada”, Fernando Couto

Em entrevista ao “O Pais Económico”. Fernando Couto, presidente da Comissão Executiva dos Portos do Norte, disse que houve precipitação na economia e que não concorda com a desregulamentação

Ler mais...
Página 2 de 34

Fotogaleria: DIA DOS HERÓIS MOÇAMBICANOS

DANƁ-TRADICIONAL..jpg

Link Externo Esta ligação irá abrir o SAPO Fotos.

Fotogaleria :VISITA DE RECEP ERDOGAN A MOÇAMBIQUE

Destaque1.jpg

Link Externo Esta ligação irá abrir o SAPO Fotos.

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-06-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa402