O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
22 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Internacional Internacional Míssil Norte-coreano atingiu mais de 2.500 quilómetros de altitude

Míssil Norte-coreano atingiu mais de 2.500 quilómetros de altitude

Coreia do Norte lança míssil no mar do Japão para ameaçar os EUA

O míssil lançado, hoje, pelo regime norte-coreano atingiu uma altitude superior a 2.500 quilómetros, informou o Ministério da Defesa japonês, citado pela agência France Press. O objectivo do lançamento é ameaçar os Estados Unidos com armas nucleares.

"Estima-se que o míssil atingiu uma altitude superior a 2.500 quilómetros, seguiu durante 40 minutos e caiu no mar do japão, na zona económica exclusiva do arquipélago, a 90 quilómetros de distância do ponto de partida", disse o Ministério de Defesa do Japão, em comunicado.

O lançamento do míssil foi realizado cerca das 09:40 na Coreia do Norte (2:40 em Maputo). A partir da província norte-coreana de Pyongyang Norte, segundo informação avançada pelo comando conjunto das forças armadas sul-coreanas, citado pelas agências internacionais.

O ensaio histórico de um míssil Hwasong-14 foi supervisionado pelo presidente norte-coreano Kim Jong-Un, anunciou uma apresentadora na televisão pública norte-coreana. Um analista de armas considerou que o míssil pode ser suficientemente poderoso para chegar ao Alasca, nos Estados Unidos.

O presidente norte-americano, Donald Trump, já reagiu no Twitter, questionando se o líder norte-coreano "não tem nada melhor para fazer na vida?".

Trump instou ainda a China a endurecer a posição em relação à Coreia do Norte.

 

 

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-09-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa414