O País Online - A verdade como notícia

Sábado
22 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Internacional Internacional Investigação à Lula da Silva Pode ser arquivada

Investigação à Lula da Silva Pode ser arquivada

Ministério Publico Federal do Brasil pediu o arquivamento da investigação criminal contra o ex-Presidente Lula da Silva

A investigação do caso Lava Jato havia sido aberta com base na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral. Na altura, o ex-senador disse em depoimento aos investigadores da Lava Jato que Lula da Silva tentou persuadir os senadores Edson Lobão e Renan Calheiros a criar um gabinete de crise para conter os avanços da operação, que investiga os crimes cometidos na petrolífera estatal Petrobras e noutras instituições públicas do Brasil.

Conforme avançou a impressa brasileira, volvidos vários meses de investigação, o procurador Ivan Marx diz não haver provas da existência da tentativa de embaraço às investigações e pede arquivamento do processo.

"Não havendo nenhuma corroboração para a versão apresentada pelo delator, e nem mesmo a possibilidade de buscá-la por outros meios, o arquivamento dos autos é medida que se impõe", lê-se no pedido redigido pelo procurador.

Este não é o único processo que envolve o ex-Presidente Lula da Silva e o ex-senador Delcídio na Justiça brasileira.

O ex-Presidente é acusado de ter recebido vantagens indevidas da construção OAS através da compra de um apartamento de luxo na cidade de Guarujá. E também de ter recebido um terreno da construtora Odebrecht como forma de suborno para, em troca, favorecer os interesses da empresa perante o Governo brasileiro.

Recorde-se que Lula da Silva sempre negou todas as acusações contra si e declarou, em diversas oportunidades, que é vítima de perseguição de membros da operação Lava Jato e do aparelho judicial brasileiro.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -20-07-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa401