O País Online - A verdade como notícia

Sábado
23 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Internacional Internacional Inundações na Nigéria fazem mais de 100 mil deslocados

Inundações na Nigéria fazem mais de 100 mil deslocados

Mais de 100 mil pessoas tiveram de deixar suas casas devido à inundações no sudeste da Nigéria

O Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari afirmou que as primeiras estimativas apontam para mais de 100 mil pessoas deslocadas devido às cheias na região de Benue e manifesta preocupação com a situação.

"Durante as duas últimas semanas houve muita chuva", disse Helen Teghtegh, da organização não-governamental local Community Links and Human Empowerment Initiative, que lançou um pedido de donativos para os afectados.

"Nesta altura não temos um número preciso, não sabemos o número de vítimas, mas amanhã devemos saber mais depois de falarmos com várias fontes no terreno", explicou.

Por sua vez, o Presidente nigeriano declarou que pediu à agência nacional de gestão de catástrofes para agir, depois de muitas vozes terem criticado nos 'media' locais a inactividade das autoridades.

A região de Benue, que vive essencialmente da agricultura, registou várias inundações nos últimos anos, devido às fortes chuvas e à abertura de comportas em barragens nos Camarões, país vizinho.

Em 2012, a Nigéria registou cheias em 30 dos seus 36 estados. Centenas de pessoas morreram e as chuvas provocaram perto de 2 milhões de deslocados.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-09-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa414