O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
17 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Internacional Internacional "Não teremos outra escolha que não destruir totalmente a Coreia do Norte"

"Não teremos outra escolha que não destruir totalmente a Coreia do Norte"

Trump afirma que se regime de Kim Jong-un não parar com provocações, Washington não terá outra opção senão "destruir totalmente" o país

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, discursou, esta tarde, na 72.ª Assembleia Geral da ONU, que decorre em Nova Iorque, com a Coreia do Norte e o Irão como principais alvos, escreve o Notícias ao Minuto.

Trump afirma que “o mundo inteiro” está em perigo perante a ameaça nuclear da Coreia do Norte. Por isso, diz, “não teremos outra escolha que não destruir totalmente a Coreia do Norte”.

No entanto, pouco depois, o presidente norte-americano realçou que espera que não seja necessário chegar a tal ponto, sublinhando que a “desnuclearização é o único caminho aceitável”.

Agradecendo à China e à Rússia por terem alinhado ao lado de Washington nas sanções ao regime norte-coreano, Trump considera que Kim Jong-un está “numa missão suicida”.

Mas as ameaças não se ficaram pela Coreia do Norte. Como já era expectável, o Irão, que, segundo Trump, deseja a “destruição dos Estados Unidos de Israel”, foi o alvo seguinte.

“O governo iraniano mascara uma ditadura corrupta, mascarada de democracia. Transformou um país rico culturalmente num estado pária, que exporta violência, o derramamento de sangue e o caos”, precisou o presidente norte-americano, que ‘atacou’ de seguida, o acordo nuclear estabelecido com Teerão, em 2015, uma conquista do mandato de Barack Obama. Para Trump, o acordo nuclear com o Irão foi “uma vergonha para os Estados Unidos”.


 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -17-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa419