O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
24 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Guebuza poderá continuar a dirigir a Frelimo depois do X Congresso

Guebuza poderá continuar a dirigir a Frelimo depois do X Congresso

Liderança do maior partido do país.

Segundo Filipe Paúnde, não há razões que impeçam que Guebuza renove o seu mandato na direcção do partido.

Armando Guebuza poderá continuar a dirigir o partido Frelimo depois do X Congresso de Setembro próximo, segundo garantias do secretário-geral desta formação política. Filipe Paúnde diz que não há motivos para se afastar Guebuza da liderança do partido, mas, sim, para a sua recondução ao cargo.


 “Queremos que o partido continue forte, com esta vitalidade e, por isso, Armando Guebuza poderá continuar na liderança do nosso partido”, afirmou Paúnde, acrescentando que “o partido nunca esteve no estágio em que está agora, nunca esteve tão perfeito em termos de seu funcionamento. Os comités, as células de residência estão a funcionar como nunca antes. A escola central está a formar quadros e o partido está a funcionar fora graças à direcção correcta do presidente Guebuza”.


Paúnde explicou ainda que este facto não vai contrariar os Estatutos do partido.
“Os nossos estatutos não colocam um limite sobre os mandatos do presidente do partido e, por isso, será legal proceder desta forma”, disse.
A Frelimo, através do seu secretário-geral, reafirmou que Armando Guebuza não vai recandidatar à Presidência da República por força da Constituição.
“Os nossos estatutos não estão acima da nossa Constituição, sendo que entre estas duas leis prevalece a Constituição”, disse.

Leia mais na edição impressa do «Jornal O País»

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -24-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa420