O País Online - A verdade como notícia

Sábado
26 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Terror em Gorongosa!

Terror em Gorongosa!

Tensão política

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) e os homens armados da Renamo confrontaram-se ontem, acerca de 20 quilómetros de Santungira, local onde está aquartelado o líder da “Perdiz”, Afonso Dhlakama. O ataque aconteceu por volta das 12h30, exactamente na altura em que centenas de membros da Renamo estavam a celebrar a passagem dos 34 anos da morte do seu fundador, André Matsangaissa, exactamente em Gorongosa.

As FADM dizem que o primeiro tiro foi dado pelos homens da Renamo, quando viram uma coluna composta por seis viaturas do exército levando consigo muitos militares, tendo atacado o que transportava uma arma pesada. As Força Armadas de Defesa e Segurança responderam ao fogo, o que resultou em dois mortos do lado da Renamo, seis detidos, destruição da sub-base da Renamo e respectiva ocupação. Informações colhidas no local indicam que do lado das forças governamentais não houve qualquer baixa, senão seis feridos.

Os militares fizeram questão de exibir à imprensa os cadáveres dos dois homens abatidos e os seis detidos da Renamo. Estranho, no entanto, é que, quando os jornalistas, incluindo a nossa equipa de reportagem, saíam de Santungira em direcção à vila de Gorongosa, foram interceptados por militares que impediram que continuassem a marcha e foram levados para a base das FADM, que dista cerca de cinco quilómetros da base central da Renamo. Mas, minutos depois, chegou ao local uma viatura que, aparentemente, transportava feridos ou cadáveres e só depois disso é que as FADM levaram os jornalistas para o local onde houve ataque. Depois, os militares  acompanharam os jornalistas até à vila do distrito de Gorongosa, onde exibiram os detidos e os cadáveres dos dois homens da Renamo.

As Forças de Defesa e Segurança interditaram a circulação de viaturas e pessoas ao longo da estrada que dá acesso à base do líder da “Perdiz” e prometem restringir, nos próximos dias, o acesso a Santungira, bem como a movimentação dos membros da Renamo.

Leia mais na edição impressa do «Jornal O País»

 

publicidade

Moeda

Compra

Venda

DolarUSD30,30 30,92
Rand ZAR 2,94 3,00
EuroEUR41,9642,80
LibraGBP51,5352,57
IeneJPY0,30230,3085
Faixa publicitária

Edição Impressa - O País Económico

Edição Impressa 249