O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
23 de Junho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política PR apela população de Magude a ser vigilante contra ladrões de gado

PR apela população de Magude a ser vigilante contra ladrões de gado

Estima-se que em Magude tenham mais cabeças de gado bovino do que pessoas

No segundo dia de visita à província de Maputo, o Chefe do Estado escalou o distrito de Magude, onde se estima que tenha mais cabeças de gado bovino do que pessoas. Estima-se que tenham 80 mil cabeças e cerca de 65 mil pessoas.

O Chefe de Estado interagiu com os produtores de gado para saber das dificuldades que enfrentam, uma vez que perderam mais de 23 mil cabeças nos últimos dois anos, devido à seca. OS afectados contaram que tiveram de adaptar-se à seca, para não perder maior número de cabeças.

Além de visitar a feira e uma associação de agricultores, Filipe Nyusi orientou um comício na localidade de Maguiguana, onde fez um exercício de prestação de contas, explicando o que está a ser feito para o desenvolvimento do distrito.

No final, pediu à população para ser vigilante em relação aos ladrões de gado. Nyusi disse ter falado com as autoridades para tomarem medidas que combatam os roubos. “Vamos todos ficar atentos e denunciar aqueles que roubam gado”, exortou. O Presidente apelou igualmente à população para produzir, como forma de combater a fome. O distrito de Magude tem cerca de 350 mil hectares de terra arável, mas apenas 10 mil é que são explorados para a produção agrícola.

 


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-06-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa402