O País Online - A verdade como notícia

Domingo
20 de Agosto
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Primeira-dama reitera importância da aposta no diálogo político para o alcance da paz

Primeira-dama reitera importância da aposta no diálogo político para o alcance da paz

Isaura Nyusi elogia as mulheres moçambicanas pela sua abnegação no processo de restauração da paz e harmonia no país

 

A Presidente da Organização da Mulher Moçambicana (OMM), Isaura Nyusi, reafirmou, sábado, em Maputo, que o diálogo é a melhor forma através da qual se pode alcançar a paz no país.

Isaura Nyusi falava na cerimónia de abertura da II Sessão Ordinário do Conselho Nacional da OMM, que decorre sob o lema “Mulher moçambicana na unidade nacional, paz e progresso”.

“Só com o diálogo se pode realizar todos os propósitos perspectivados, incluindo a paz”, disse a primeira-dama.

Isaura Nyusi elogiou as mulheres moçambicanas pela sua abnegação no processo de restauração da paz e harmonia no território nacional, assim como o seu contributo para o desenvolvimento do país.

“Quero elogiar a mulher pelo seu empenho e dedicação no combate à criminalidade e violência doméstica. Quero elogiar as mulheres pela sua participação na busca da paz, uma componente que contribui para o desenvolvimento do país e aumento da produção e da produtividade”, afirmou.

A Presidente da OMM apelou ainda as mulheres moçambicanas a trabalhar arduamente com vista a reduzir o número de gravidezes precoces e consequente abandono de instituições de ensino a nível do país.“Erradiquemos, todos juntos, os níveis de mortalidade materno-infantil, a malária, a tuberculose, o HIV/Sida e todas outras doenças endémicas”, disse.

Isaura Nyusi garantiu, na ocasião, que as mulheres continuarão a participar, de forma activa, em prol do desenvolvimento do país.

“A mulher moçambicana, lado a lado com o seu parceiro, deve fazer essa tarefa para organização e consolidação dos preceitos da OMM”, disse.

Sobre a sessão, a primeira-dama disse esperar que a mesma decorra da melhor possível, num clima ordeiro e de harmonia entre as mulheres moçambicanas.

“As mulheres, guiadas pela Frelimo e aglutinadas na OMM, têm demonstrado um grande compromisso, um grande empenho, contribuindo de forma inegável para a sua própria emancipação, auto- valorização e para a promoção e consolidação da paz”, frisou. Os moradores do bairro de Bagamoyo “B” manifestaram-se, sábado, em protesto contra a ocupação de um campo de futebol, conhecido por Codamo, alegadamente vendido a uma empresa sem consultar os mesmos. Estes contam que o campo existe há mais de 40 anos.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-08-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa411