O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
22 de Agosto
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Nyusi abre ponte sobre rio Muira em Manica

Nyusi abre ponte sobre rio Muira em Manica

Presidente da República vai inaugurar Palácio da Justiça amanhã em Guro

Tambara foi o ponto de entrada de Filipe Nyusi a Manica, na visita de três dias que o Presidente da República efectua àquela província. Chegou por volta das 09h00 de hoje na localidade de Nhacalapho, que dista a cerca de 300 quilómetros da cidade de Chimoio. Saudação protocolar, e, não mais, abriu a ponte sobre o rio Muira.

Na sua interação com a comunidade, Nyusi deixou que fosse a população a apresentar as suas preocupações. “Pedimos o asfalto da estrada Caindamusse-Tambara, num troço de 130 quilómetros e Tambara-Caia, num troço de 200 quilómetros, para garantir um rápido desenvolvimento do distrito”, disse um representante da população, que falava num comício havido em Tambara, acrescentando ser necessário “expandir a rede eléctrica para os postos administrativos e localidades, visto que a rede eléctrica está, até agora, a beneficiar apenas a sede do distrito”.

Em jeito de resposta, o Presidente da República disse estar a mobilizar recursos para desenvolver, não só Tambara, mas toda a província de Manica. “Temos que mobilizar os recursos. Para a energia que pedem, já existe algum material em Chimoio (cidade capital de Manica), mas precisamos de mais dinheiro para trazer”, disse Filipe Nyusi. O estadista falou do tema da paz, vincando a necessidade de perdão e reconciliação entre os moçambicanos. Na questão da produção agrícola, o Presidente da República mostrou-se satisfeito com facto de o distrito de Guro e a província de Manica, em geral, terem respondido os apelos de aumento de produção e produtividade, encorajando a população a continuar com este desafio para que, até em 2018, o país deixe de importar comida. Instou a população a começar agora a preparação da próxima campanha agrícola que arranca em Outubro próximo.

Amanhã, o Presidente Nyusi deverá inaugurar o Palácio da Justiça, em Guro, construído sob financiamento do Orçamento de Estado.

O empreendimento, concebido no quadro da expansão da rede judiciária, aglutina vários órgão da Administração da Justiça, nomeadamente o Tribunal, a Procuradoria, o Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ) e a Polícia de Investigação Criminal. Espera-se que o mesmo venha a beneficiar a população de Guro e dos distritos circunvizinhos de Tambara, Macossa e Báruè.

Ainda amanhã, Nyusi trabalha no distrito de Manica, onde para além de dialogar com a população local, visitará empreendimentos económicos, dos sectores agrícola e mineiro, antes de se reunir com operadores deste último sector.

No sábado, o estadista escala o distrito de Gondola, onde, entre outras actividades, vai se inteirar das obras em curso da reabilitação da estrada Nacional Número Seis (EN6).

 


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-08-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa411