O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
24 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Dinamarca garante continuar a apoiar Moçambique na justiça

Dinamarca garante continuar a apoiar Moçambique na justiça

Mogens Pedersen diz que cooperação entre Moçambique e Dinamarca no ramo da justiça é estratégica

O Reino da Dinamarca garantiu, no último sábado, a sua disponibilidade de continuar a apoiar o sector da justiça em Moçambique para que esta possa chegar a todos os cidadãos.

Segundo o embaixador da Dinamarca, Mogens Pedersen, citado pela Agência de Informação de Moçambique (AIM), a cooperação entre Moçambique e o seu país no ramo da justiça é estratégica e importante para assegurar o acesso a justiça a cada vez mais cidadãos, “sem excepção e exclusão”.

“Para nós, é muito estratégico e importante apoiar o sector da justiça por uma razão muito simples, que nós sabemos, de assegurar o acesso a justiça e a todos os moçambicanos, sem excepção e sem exclusão, desde assuntos mais simples até os mais complicadas”, disse Pedersen, falando durante a cerimónia de inauguração do Palácio de Justiça do distrito de Guro, na província central de Manica.

A cerimónia foi dirigida pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, no prosseguimento da sua visita de trabalho a esta província, que arrancou quinta-feira com o termo previsto para sábado.

O diplomata destacou que a inauguração daquele edifício construído de raiz, sob financiamento da Dinamarca na ordem dos 102.5 milhões de meticais, constitui o mais recente fruto da cooperação, de mais de 20 anos, entre os dois países.

“Este Palácio é um pequeno exemplo da cooperação entre as instituições judiciais aqui em Moçambique”, afirmou Pedersen, numa referência ao facto de o edifício albergar os vários órgãos da administração da justiça, nomeadamente o Tribunal, Procuradoria, Serviço Nacional de Investigação Criminal e Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ).

Por sua vez, o governador de Manica, Alberto Mondlane, agradeceu a instalação daquela infra-estrutura em Guro, porque permitirá assistir os distritos vizinhos de Macossa e Tambara.

Na sua intervenção, Mondlane assumiu o compromisso de valorizar aquele empreendimento, “que significa que aqui, este brilho vai se manter para sempre”.

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -24-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa420