O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
18 de Agosto
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Nyusi volta hoje a Gorongosa em visita de três dias a Sofala

Nyusi volta hoje a Gorongosa em visita de três dias a Sofala

Presidente da República efectua visita de trabalho à província de Sofala a partir de hoje até sábado

O Presidente da República, Filipe Nyusi, efectua, a partir desta quinta-feira até sábado, uma visita de trabalho à província de Sofala.

Nesta província, Filipe Nyusi deverá visitar os distritos de Gorongosa, Muanza, Chibabava e Búzi, onde vai manter encontros com associações ligadas à produção de alimentos; visitará infra-estruturas de abastecimento de água e várias iniciativas de produção de alimentos e manterá, igualmente, encontros com populares e governos locais.

Em Gorongosa, o ponto de entrada de Nyusi a Sofala, o Presidente da República vai inaugurar, ainda hoje, a linha de extensão de energia eléctrica da vila sede até ao posto administrativo de Vunduzi.

Nesta deslocação, Nyusi é acompanhado pelos ministros da Administração Estatal e Função Pública, Carmelita Namashulua; do Interior, Jaime Basílio Monteiro e do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Diogo.

Fazem também parte da delegação presidencial os vice-ministros dos Transportes e Comunicações, Manuela Rebelo; da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Joaquim Veríssimo; a governadora da província de Cabo Delgado, Celmira da Silva; bem como quadros da Presidência da República e de outras instituições do Estado.

População de Gorongosa expectante na paz

Reina no seio dos residentes do distrito de Gorongosa, província de Sofala, uma enorme expectativa em torno da visita presidencial que inicia hoje naquela região centro do país, tendo em conta o recente encontro entre o Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, no passado domingo, em Santungira.

“Estamos bastante animados pelo facto de sabermos que o Presidente da República inicia amanhã (hoje) uma visita de trabalho ao nosso distrito. Sentimo-nos ainda mais animados pelo facto de, no passado domingo, o Presidente da República ter escalado a região de Santungira, onde manteve um encontro com o presidente da Renamo. Para nós, o gesto de Presidente mostra o seu comprometimento com a paz. Esperamos que aqui, em Gorongosa, ele viva os nossos problemas de perto e entenda melhor a necessidade da paz”, afirmou Vino Cambota, residente em Gorongosa.

Graziano Joaquim, que também reside em Gorongosa, considera Filipe Nyusi uma personalidade “corajosa e altamente comprometida com o bem-estar da nação moçambicana. A prova disso é o recente encontro que manteve com o presidente da Renamo nas matas deste distrito. O que nós queremos amanhã (hoje) é transmitir-lhe o nosso sofrimento desde que as hostilidades militares iniciaram e ouvir dele para quando uma paz efectiva”, conclui Graziano Joaquim.

Gorongosa, refira-se, tem sido o epicentro da tensão militar que tem estado a afectar o país há cerca de cinco anos. É um distrito com terras altamente aráveis. Aliás, Gorongosa já foi considerado o celeiro da província de Sofala, mas devido à tensão militar, a produção baixou bastante e agora até é dependente de outros pontos da província para a população local se sustentar.


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -17-08-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa410