O País Online - A verdade como notícia

Quinta-feira
19 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Assassinato de Amurane: Procuradoria desconhece existência de arguidos

Assassinato de Amurane: Procuradoria desconhece existência de arguidos

Procuradoria de Nampula desconhece existência de indivíduos constituídos arguidos no assassinato de Mahamudo Amurane

A Procuradoria  provincial de Nampula desconhece a existência de arguidos no caso do assassinato do presidente do conselho municipal, Mahamudo Amurane.

Nesta terça-feira, a Polícia revelou, através do porta-voz do Comando Geral, a retenção de dois suspeitos, que por sinal, tinham algum vínculo com o finado.

A Procuradoria de Nampula diz não ter este dado e assegura estarem em curso diligências visando a neutralização dos autores.  

“Foram ouvidas pessoas que estão, neste momento, na qualidade de suspeitos. Não há e não houve detidos. São suspeitos que estão a ser ouvidos”, disse Hermínia Xavier, porta-voz da instituição.


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa419