O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
20 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Política Política Presidente dos desmobilizados é julgado hoje

Presidente dos desmobilizados é julgado hoje

Por desacato às autoridades

O presidente do Fórum dos Desmobilizados de Guerra é julgado, hoje, acusado de crime de desobediência às autoridades na província de Maputo. Consta que Hermínio dos Santos foi notificado, por quatro vezes, pelos Serviços de Investigação Criminal (SICRIM), ex-Polícia de Investigação Criminal (PIC), mas este não se dignou a comparecer.

Consta que o presidente do fórum dos Desmobilizados de Guerra terá sido notificado, a fim de prestar declarações a SICRIM, sobre as manifestações pacíficas convocadas por si, mas este simplesmente ignorou a notificação.

Por se tratar de um processo sumário, hoje, o líder dos desmobilizados explica-se ao tribunal judicial da província de Maputo.

Mesmo assim, o Fórum dos Desmobilizados reitera a realização da referida manifestação, que visa pressionar o Governo a aumentar as pensões dos desmobilizados, desde que tenham a devida autorização.

Recorde-se que, em 2008, 19 desmobilizados de guerra foram detidos em Maputo, quando tentavam realizar uma manifestação. na altura, a polícia alegou que a marcha dos desmobilizados era ilegal.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -20-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa420