O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
29 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade Polícia de Investigação Criminal emite mandado de captura contra Bakhir Ayoob

Polícia de Investigação Criminal emite mandado de captura contra Bakhir Ayoob

Acusado de estar envolvido em sequestros.

Bakhir Ayoob tinha sido solto a 1 de Outubro do ano passado pela juíza de instrução criminal da província de Maputo, que entendeu que não existiam provas contra o visado. Agora, a PIC volta a mandar capturá-lo.

A Polícia de Investigação Criminal emitiu dois mandados de captura contra o empresário Mohamed Bakhir Ayoob. No primeiro, emitido no passado dia 15 de Fevereiro em curso, Ayoob é acusado de cárcere privado e extorsão, vulgo rapto, num  processo que leva o número 760/13. 

No segundo mandado de captura, emitido a 18 de Fevereiro, três dias depois do primeiro, Mohamed Bakhir Ayoob é acusado do crime de homicídio qualificado. Trata-se do processo 4072-B/12. Ayoob, soube “O País”, é acusado de ter promovido o assassinato do também empresário Momed Jassat, da Expresso Câmbios, ano passado, na avenida 24 de Julho, em Maputo, à saída de um prédio.

Tanto o primeiro como segundo mandado foram assinados por Januário Bernardo Cumbane, inspector da Polícia de Investigação Criminal e director da Polícia de Investigação Criminal, ao nível da cidade de Maputo.

Curiosamente, no mandado emitido no dia 15, o visado é tratado por Baquir Ayub, e, no segundo, por Mohamed Bakhir Ayoob. Mas, soube o nosso jornal, ambos os mandados visam a mesma pessoa.

Leia mais na edição impressa do «Jornal O País»

 

"Eu tenho falado pouco do passado, porque acho que Moçambique tem que olhar para o futuro."

 

Marcelo Rebelo de Souza


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

   
Edição Impressa O Tempo

 Edição Impressa 29-07-2016

 

Maputo

 

Inhambane

  Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa 353