O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
29 de Maio
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade IIAM faz primeira colheita oficial de arroz cultivado com tecnologia chinesa

IIAM faz primeira colheita oficial de arroz cultivado com tecnologia chinesa

Tecnologia chinesa permite colher num hectare 10 toneladas de arroz

 

O Centro de Investigação e Transferência de Tecnologia Agrária do Umbeluzi, em Maputo, apresentou, hoje, a variedade do arroz Simão. Este tipo de arroz surgiu através da transferência e adaptação da tecnologia chinesa ao ecossistema moçambicano, e já está pronto para ser entregue aos produtores.

A variedade permite aos agricultores terem maior rendimento, porque num hectare é possível colher até 10 toneladas de arroz.

Depois da colheita, inicia o processamento. O arroz é secado, colocado na máquina de descasque, separado e embalado. Assim, o Simão está pronto a ser comercializado.

O Centro de Investigação e Transferência de Tecnologia Agrária do Umbeluzi é o primeiro desta natureza em África.

Além do tratamento de culturas agrícolas, o Centro forma extensionistas e técnicos agrários moçambicanos. 

 

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -29-05-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa 398