O País Online - A verdade como notícia

Sábado
19 de Agosto
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade Crise económica pode reduzir movimento fronteiriço durante a páscoa

Crise económica pode reduzir movimento fronteiriço durante a páscoa

Movimento fronteiriço poderá cair nesta páscoa devido à crise

 

O número de pessoas que vai atravessar a fronteira de Ressano Garcia poderá reduzir este ano devido à crise económica, que afecta Moçambique e África do Sul.

A informação foi avançada hoje, pelos serviços nacionais de migração. Contudo, as autoridades fronteiriças garantem estar preparadas para trabalhar com um fluxo maior de pessoas, a partir da próxima quarta-feira, tanto que a fronteira estará aberta 24 horas por dia.

Para garantir maior flexibilidade, as autoridades moçambicanas estão a trabalhar em coordenação com a África do Sul.

No ano passado, passaram pela fronteira de Ressano Garcia mais de 170 mil pessoas, na sua maioria mineiros.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -18-08-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa411