O País Online - A verdade como notícia

Quinta-feira
27 de Abril
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade Isaque Chande preocupado com cobranças ilícitas feitas em nome do IPAJ

Isaque Chande preocupado com cobranças ilícitas feitas em nome do IPAJ

IPAJ assistiu mais de 180 mil casos, no ano passado, em todo o país

Acesso a Justiça e os desafios do desenvolvimento é o lema do conselho consultivo que juntou, hoje, delegados provinciais do Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica e outros intervenientes jurídicos (IPAJ).

Durante a abertura do evento, Isaque Chande, ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, disse estar preocupado com as cobranças ilícitas feitas em nome do IPAJ.

Já o director-geral do IPAJ, Justino Tonela, lembrou aos presentes que a maioria dos moçambicanos não tem condições de pagar por um advogado e precisam da assistência do Estado.

Em 2016, o IPAJ assistiu mais de 180 mil casos de moçambicanos em todo o país.

 


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -26-04-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa 393