O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
28 de Julho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade Défice orçamental condiciona construção de estradas

Défice orçamental condiciona construção de estradas

Cerca de 40% de estradas não foram intervencionadas em 2016 devido a falta de financiamento

Dos mais de 25 mil milhões de meticais que se tinha orçado para a construção e reabilitação de estradas, em 2016, apenas estiveram disponíveis 10 mil milhões, facto que deitou abaixo parte dos planos feitos nesta área.

O relatório apresentado, hoje, na reunião anual do sector de estradas revela que a manutenção de vias de acesso e pontes e a asfaltagem de estradas nacionais são as áreas que gastaram maior parte do orçamento disponibilizado em 2016, tendo custado mais de cinco mil milhões de meticais. O resto do valor destinou-se a reabilitação e asfaltagem de estradas regionais, construção de pontes, capacitação técnica e estudos de viabilidade.

Os 18 mil milhões de meticais orçamentados para este ano, deverão servir para a construção, manutenção e reabilitação de 22 quilómetros de estradas e pontes em todo o país.

 

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -28-07-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa401