O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
25 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade Exames extraordinários arrancam esta segunda com 60 mil candidatos

Exames extraordinários arrancam esta segunda com 60 mil candidatos

Resultados dos exames extraordinários serão publicados no dia 21 de Agosto

 

Mais da metade dos 60 mil candidatos que vão prestar as provas extraordinárias a partir de amanhã são da cidade e província de Maputo, sendo que 51.2 por cento dos candidatos são do sexo feminino.

Dados do ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) indicam que para os exames extraordinários de 2017 foram activados 65 centros, menos dois que o ano passado. As províncias da Zambézia, Tete e Maputo terão o maior número de centros de exame: 15, nove e oito, respectivamente.

O MINEDH explicou que as províncias com o maior número de centros não são, necessariamente, as que têm o maior número de candidatos. A título ilustrativo, na cidade de Maputo, onde há maior número de candidatos inscritos, é possível organizar e concentrar os candidatos num número reduzido de centros, facto que não se aplica noutras províncias.

Na semana passada decorreu a fase final da distribuição dos enunciados dos exames e respectivas folhas personalizadas de respostas, bem como todo outro material inerente ao processo que vai decorrer em todas as províncias do país.

Pelo que no sábado, o sector considerava estarem criadas todas as condições para a realização dos exames extraordinários. De igual modo, foram reforçadas brigadas de supervisão de níveis nacional e provincial, constituídas basicamente por inspectores e técnicos que farão o devido acompanhamento do processo.

De 10 a 24 de Abril decorreu o processo de inscrição electrónica dos candidatos aos exames extraordinários. De 16 a 22 de Julho corrente será a mobilização das equipas de supervisão que trabalharão nos centros de exames extraordinários, bem como a correspondente realização das provas.

De 19 a 24 de Julho vai ter lugar o processo de correcção electrónica via leitura óptica. O equipamento para leitura óptica dos exames foi instalado em todas as províncias. Depois seguir-se-á a fase da triagem e análise dos resultados, no período entre 25 de Julho e 18 de Agosto e, finalmente, serão publicados os resultados dos exames extraordinários no dia 21 de Agosto do ano em curso.

No ano passado foram montados 160 centros, sendo que a 12ª classe teve maior número de candidatos, com 79 296, seguindo-se a 10ª com 16 793 inscritos e, por último, a sétima classe, com 2 016 candidatos.

Recorde-se que no ano passado o Conselho de Ministros orientou ao Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano para eliminar os exames extraordinários da 10ª classe, dada a redução do número de candidatos que se assistia ano após ano. O Governo propôs que os candidatos a matriculem-se para para frenquentar a classe.

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-09-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa415