O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
24 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Sociedade Sociedade Polícia recupera cinco viaturas e prende sete jovens suspeitos de roubo

Polícia recupera cinco viaturas e prende sete jovens suspeitos de roubo

PRM detém jovens indiciados de roubo de viaturas em residências e assaltos à mão armada

São ao todo sete jovens, incluindo um adolescente de 16 anos, que na manhã de ontem foram apresentados na 11.ª Esquadra da PRM, no bairro de Mavalane, em Maputo. Os jovens são indiciados de roubo de viaturas em residências e assaltos à mão armada. Nas suas mãos, a Polícia recuperou cinco viaturas, incluindo dois Toyota D4D e um Prado. Uma das viaturas foi roubada no mês passado e quatro na última semana.

A neutralização dos supostos assaltantes resulta de uma operação que está a ser levada a cabo pela Polícia, em vários bairros da capital. Entretanto, os indiciados negam todas as acusações. “A Polícia foi buscar-me na baixa da cidade e levou-me até à esquadra. Perguntei o motivo, disseram-me que devo indicar outros comparsas meus do crime. mas eu não sei do que estão a falar”, disse um dos indiciados.

As viaturas serão entregues aos proprietários, três dos quais já se apresentaram. Ao jornal O País, descreveram as circunstâncias em que as viaturas foram roubadas. Duas viaturas foram roubadas nos quintais e uma foi arrancada na via pública.

“Eu estava a estacionar a minha viatura na avenida Karl Marx, em frente ao cemitério São Francisco Xavier. De repente, aparecem dois indivíduos e um estava armado. Queriam levar-me no carro, mas resisti e deram-me um golpe na cabeça. Consegui abrir a porta traseira, retirei o meu computador e fugi. Eles ficaram a levar consigo a viatura”.

A Polícia diz que o roubo está associado à falsificação de chaves de viaturas, um crime que envolve os polidores de rua, a quem são confiados carros e chaves pelos proprietários.


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -24-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa420