Inicia vacinação contra cólera em Cabo Delgado

Inicia vacinação contra cólera em Cabo Delgado

Iniciou hoje em Cabo Delgado, a vacinação contra cólera. O processo que vai até ao próximo dia 20 de Maio prevê abranger mais de 280 mil pessoas que vivem nos distritos de Mecúfi, Metuge e cidade de Pemba, onde a epidemia eclodiu depois da passagem do ciclone Kenneth.

A vacina evita a contaminação com o vibrião colérico, uma bactéria responsável por causar a infecção de cólera. O seu efeito depende das medidas de higiene, segundo explicou o Instituto Nacional de Saúde. Apesar da eficácia do medicamento, o Ministério da Saúde (MISAU) apela a continuidade de cuidados básicos de higiene, para que a epidemia não volte a eclodir na província.

"Não basta vacinar. É preciso continuar com os cuidados básicos de higiene individual e colectiva, e consumir água potável. Se a população conseguir combinar as duas coisas, vacina e higiene, já não teremos mais cólera em Cabo Delgado", garantiu Ilesh Jani, Director Geral do Instituto Nacional de Saúde, durante o lançamento oficial da campanha, que decorreu na cidade de Pemba e foi testemunhada pelos membros do governo provincial e parceiros de cooperação.

O governo da província apelou a população a tomar a vacina, e pediu a mudança de atitude que põe em causa a vida das pessoas. "Apelamos a população para  aderir  aos postos de vacinação. E apelamos também as pessoas de má fé que lançam boatos sobre a cólera, para evitar a onda de desinformação. Nós, não vamos permitir boatos que complicam a vida da população", avisou Júlio Parruque, governador de Cabo Delgado.

A eclosão da cólera em Cabo Delgado foi confirmada no dia 1 de Maio corrente, e até ao momento, nos três distritos afectados, foram registados 180 casos, e não houve óbitos, segundo informações oficiais.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique