Jogo três dos “play-offs” da Engen Basket em masculinos marcado para amanhã

Jogo três dos “play-offs” da Engen Basket em masculinos marcado para amanhã

A Politécnica e Costa do Sol defrontam-se, esta sexta-feira, às 18h00, no pavilhão da primeira formação, no jogo três dos play-offs das meias-finais da Engen Maputo Basket em seniores masculinos. A série está empatada (1-1) após vitória, terça-feira, d’A Politécnica por 60-59. 

Cientes de que uma vitória pode ser determinante na caminhada para a final da competição, “canarinhos” e “universitários” entram para quadra com objectivo de dar o seu melhor até para liderar a série.

Com um plantel onde emergem jovens com potencial quais Klaus Bunguele (ndr: convocado para a selecção nacional), Yuran Biosse, os gémeos Parruque (Mirlon e Nilton), entre outros, a A Politécnica quer voltar a “surpreender” uma equipa tida como favorita. E, decerto, apagar a pálida imagem deixada ano passado quando foi afastado, justamente nesta fase, com o Maxaquene. 

Aliás, ensopados em lágrimas após o desaire nos quartos-de-final, os jogadores d’A Politécnica reagiram mal a derrota. Mas, já com a cabeça fria, arregaçaram as mangas e cá estão a discutir uma vaga na final.

Do outro lado, temos um Costa do Sol que apresenta uma estrutura constituída por jogadores experientes e outros tantos ainda a (a)firmarem-se na modalidade da bola ao cesto.

Miguel Guambe (coach) conta, para chegar a segunda final consecutiva, com os experimentados Amarildo Matos, Isac Almoço, Nilton Seifane e um naipe de jogadores com potencial como Jonas “Maninho” Faduco, Francisco Braga, Egídio Zandamela e Asmilton Ribeiro (transferido este ano da A Politécnica). Espera-se, por isso, que a experiência rime com mais-valia.

O Costa do Sol não teve vida fácil nos duelos com a A Politécnica, pois, na fase regular, perdeu um na fase regular e, nos restantes jogos, registou-se um equilíbrio.

Com tapete vermelho estendido, o Ferroviário de Maputo joga às 20h00 com a Universidade Pedagógica para confirmar presença na final. Os campeões da cidade lideram a série (2-0) e é expectante que o “coach” Milagre “Mila” Macome faça a gestão de esforços.  

A Universidade Pedagógica estava claramente ciente que tinha uma tarefa hercúlea neste “play-off” com o Ferroviário de Maputo, daí contentar-se com o apuramento à Liga Moçambicana de Basquetebol Mozal.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique