Julgamento do caso FDA retoma esta terça-feira

Julgamento do caso FDA retoma esta terça-feira

Já se vão pouco mais de dois meses, desde que arrancou o julgamento do caso FDA que envolve Setina Titosse, antiga PCA da instituição pública, seus ex-colegas, amigos e familiares. Se um dia partilharam o local de trabalho ou mesmo laços de amizade e de familiaridade, os 24 acusados partilham agora o mesmo banco dos réus.

Mas afinal, quem são os implicados no esquema de desvio do fundos públicos do Fundo de Desenvolvimento Agrário? Setina Titosse é tida como peça-chave do esquema, porquanto boa parte dos envolvidos são ligados a então PCA do FDA.

Sua irmã, Julieta Titosse, seu primo, Humberto Cossa, sua cunhada, Milda Cossa, seu sobrinho, Abdul Rassur, além da sua empregada, Leopoldina Bambo, sua cabeleireira, Felicidade Massugueja e seu motorista, Daniel Nhabete estão todos a responder pelo desvio. Mas nenhum destes trabalhava no FDA, local do rombo.

Entre os funcionários do FDA estão cinco pessoas também implicadas, além da própria Setina. Aliás, são pessoas que ocupavam cargos de direcção, técnicos que davam pareceres sobre projectos financiados ou a financiar, os mesmos que o Ministério Público diz que eram falsos. Mas estes funcionários foram já expulsos do Aparelho do Estado, por decisão do Ministério da Agricultura e um deles foi despromovido.

No esquema, de acordo com a Procuradoria, houve também ramificações que se estenderam a conhecidos. Totalizam, ao todo 24 pessoas que respondem por um dos maiores rombos conhecidos, da história do país.

É esta história que volta, esta terça-feira, a julgamento, depois de se ter interrompido por duas vezes. E agora é para ouvir peritos sobre as contas do FDA. E já a caminho do fim, segue depois a fase das alegações finais, antes de conhecer a sentença do caso.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique