Juzefa Cuna estreia-se com Casulo pela Kuvaninga Cartão D’arte

Juzefa Cuna estreia-se com Casulo pela Kuvaninga Cartão D’arte

Juzefa Cuna é a nova autora que vai lançar um livro pela editora alternativa Kuvaninga Cartão d’Arte, que produz livros com capa de cartão reciclado. O lançamento está agendado para sábado, às 11h, na sede da editora, na Baixa da Cidade de Maputo. 

Mesmo por causa da COVID-19, o evento de lançamento do livro Casulo, com pinturas do artista plástico Joss, será via online, através do Facebook da editora, e será apresentado pelo crítico literário e ensaísta Dionísio Bahule e comentado pelo poeta e comunicador Negro e pela poetisa e artista plástica Muenda.

De acordo com a nota de imprensa da Kuvaninga, o infanto-juvenil cruza textos poéticos e didácticos, propondo reflexões sobre a dimensão humana e o seu meio envolvente, através de metáforas, metonímias e personificação de sentimentos como o amor, a solidariedade e a lealdade.

O livro de estreia de Juzefa Cuna está dividido em três partes: a poética, a do texto expositivo-explicativo e a do questionário. “Neste exercício único, Cuna inaugura uma linha de escrita que a editora apelidou de ‘poético-didáctico’, que permite que a poesia se cruze com outros géneros literários e se tornem num só ou, pelo menos, complementando-se. O mesmo assunto é tratado de duas formas diferentes – a poética: onde o sujeito enunciador revela os seus sentimentos e fala sobre os fenómenos que acredita determinantes para a ‘perfeição’ humana e didáctica: onde o narrador apropria-se de conceitos e estudos sobre diferentes fenómenos para explicar a essência da vida”, acrescenta a editora: “Com uma linguagem simples, cuidada e ‘maternal’, Cuna projecta-se para o interior do seu público-alvo e desencadeia uma conversa em 50 páginas. Esta conversa pretende resultar numa resposta, por isso no final de cada texto estão disponíveis espaços para responder algumas questões fruto de um exercício de interpretação. Para além de permitir um diálogo mais profícuo, esta técnica vem responder o grande desafio da editora, que é o estímulo à leitura”.

Casulo, acredita a Kuvaninga, é um contributo aos pais e encarregados de educação nesta altura de pandemia da COVID-19, de modo que tenha mais um material de aprendizagem e de cultura para os seus formandos, garantindo, assim, a continuidade das aulas.

Quando a normalidade voltar, espera-se que quando tudo voltar à normalidade o livro circule em todo o país, com principal destaque para os orfanatos, pois um dos objectivos da obra é dar alento aquelas crianças que por alguma razão estão desconfortadas.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique