Lojas da África do Sul registam enchentes na véspera do isolamento

Lojas da África do Sul registam enchentes na véspera do isolamento

Bem antes das zero horas de quinta-feira, o dia na África do Sul foi marcado por excesso de compras. Isto porque os cidadãos sul-africanos não querem passar por escassez de alimentos durante 21 dias de isolamento.

 

Nos últimos três dias, a África do Sul tem registado cem casos confirmados do novo coronavírus em média. As autoridades sul-africanas elevaram, hoje, o número de infectados para pelo menos 709 pessoas.

África do Sul continua a ser o país com mais infectados na África subsaariana, onde mais de 40 países têm registo de casos confirmados.

A partir da meia-noite desta quinta-feira, todos os residentes da África do Sul estarão proibidos de sair das suas casas, por 21 dias, segundo o governo do presidente Cyril Ramaphosa.

Em reacção a este anúncio, muitas pessoas têm corrido para supermercados para fazer compras, expondo-se ao risco de ser infectados.

De acordo com o vice-presidente sul-africano, David Mabuza, apesar de maior número de infectados concentrar-se nas zonas urbanas, há riscos de a doença propagar-se em zonas rurais.

Sendo assim, o governo sul-africano tem trabalhado com líderes tradicionais para conter a propagação. Estima-se que 20% da população mundial esteja em isolamento.

 

COOPERAÇÂO DAS EMPRESAS DE TELEFONIA MÓVEL

As empresas sul-africanas de celulares concordaram em fornecer ao governo dados de localização para ajudar na luta contra o coronavírus por trás do Covid-19, disse a ministra das Comunicações Stella Ndabeni-Abrahams.

"É importante olhar para as pessoas afectadas [pelo vírus] para poder ajudar o departamento de saúde a dizer que sabemos que, em uma área específica, temos tantas pessoas que foram infectadas", ela disse.

Já O ministro dos Transportes, Fikile Mbalula, disse que os táxis de micro-ónibus (assim como Uber e Bolt) serão banidos da estrada durante isolamento.

"Um bloqueio é um bloqueio", disse Mbalula em uma entrevista com Eusebius McKaiser em 702. Os trens serão completamente desligados.

Os comboios serão completamente desligados. Mbalula disse que os táxis - incluindo serviços de e-mail - somente poderão operar se estiverem transportando passageiros considerados trabalhadores essenciais e tiverem permissões para seus empregadores nesse sentido.

A nível global, já há mais de 420 mil infectados e cerca de 19 mil mortos, segundo dados compilados pela Reuters. Portugal tem pelo menos 43 mortos e cerca de três mil infectados.

Já Espanha tornou-se esta quarta-feira o segundo país com maior número de mortos, tendo registado mais de 3 400 óbitos. Itália continua a liderar a lista, com quase sete mil vítimas mortais e cerca de 70 mil infectados.

Os Estados Unidos têm cerca de 55 mil casos e mais de 700 mortos.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique