Mais de 300 pacientes deram entrada nos serviços de urgências do HCM no dia da votação

Mais de 300 pacientes deram entrada nos serviços de urgências do HCM no dia da votação

Trezentos e vinte cinco pacientes padecendo de doenças gerais e traumas deram entrada nos serviços de urgência do Hospital Central de Maputo (HCM) no dia das eleições. Entretanto o maior hospital do país considera que o dia da votação foi caracterizado por muita calma.

“Tivemos um dia calmo principalmente no período da manhã mas no período da tarde o movimento de entradas aumentou. Foram no total 325 pacientes que deram entrada dos quais 245 por doenças gerais e 80 por diversos traumas. Dos pacientes que deram entrada 23 foram internados, um óbito e os restantes tiveram alta” avançou a médica chefe, Celeste Macassa.

Casos de acidente de viação também caracterizaram o movimento no serviço de urgências no dia reservado a votação do Presidente da República, deputados da assembleia da República, governadores da província e membros das assembleias provinciais.

”Em relação aos acidentes de viação tivemos nove pacientes admitidos, maior parte transferidos de outras unidades sanitárias. Ressalvar aqui que não foram acidentes colectivos, ocorreram de forma isolada e todos já tiveram alta” disse a médica chefe em serviço.

Apesar de ter reforçado as equipas, o serviço de urgências do HCM não registou nenhum caso relacionado com escaramuça ou confusão decorrente do processo de votação.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique