Mais de 80 estrangeiros ilegais repatriados

Mais de 80 estrangeiros ilegais repatriados

Oitenta e dois cidadãos estrangeiros foram impedidos de permanecer no terreno moçambicano por apresentarem diversas irregularidades nos seus documentos de identificação e por falta de esclarecimento dos objectivos da sua vinda.

Do grupo, interceptado no Aeroporto Internacional de Maputo, estão cidadãos oriundos do Paquistão, Etiópia, Somália, Eritreia e Bengali. Entre as causas do impedimento da sua permanência em Moçambique constam o porte de passaportes com vistos falsos, falta de esclarecimento dos locais de hospedagem, objectivos de sua vinda ao país e não indicação clara dos meios de subsistência.

O Serviço Nacional de Migração fez saber que, neste momento, decorrem trabalhos de investigação juntamente com o Serviço Nacional de Investigação Criminal, companhias aéreas, ministério dos negócios estrangeiros com vista a reduzir a ocorrência destas situações.

O processo de reembarque de parte destes cidadãos iniciou nesta quinta-feira no aeroporto internacional de Maputo.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique