Manifestantes contra permanência do PR do Togo no poder

Manifestantes contra permanência do PR do Togo no poder

Milhares de togoleses tomaram, ontem, as ruas da capital Lomé, pela terceira vez em uma semana, para pedir a demissão do Presidente Faure Gnassingbé.

Gnassingbé, que está no poder há 15 anos, prometeu em Novembro que o seu Governo discutiria com os grupos da oposição dentro de algumas semanas, mas, desde então, não houve reacções.

Os partidos da oposição estão a manifestar-se para que seja adoptado no país o limite de dois mandatos presidenciais, aplicado retroativamente, para prevenir que o actual presidente se perpetue no poder.

O Presidente do Gana, Nana Akufo-Addo, e da Guiné-Conacri, Alpha Condé, têm estado a intervir para que haja uma abertura para as negociações em ambos os lados.

Por outro lado, a oposição garante que as manifestações vão continuar até que suas exigências sejam atendidas pelo Governo.

Os protestos, que ocorrem desde Agosto em várias cidades do Togo, são organizados por uma coligação de 14 partidos da oposição, que dizem que só vão aderir ao diálogo quando o Governo libertar seus apoiantes detidos.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique