Manuel Tocova em fuga e deixa Nampula sem liderança

Manuel Tocova em fuga e deixa Nampula sem liderança

Manuel Tocova, edil interino de Nampula, encontra-se desde a manhã de hoje “em parte incerta”. Em contacto telefónico com a nossa reportagem, Tocova explicou que preferiu sair da circulação porque está a ser vítima de uma armadilha.

“Levaram um indivíduo, que dizem ter sido pago por mim, 50 mil meticais, para assassinar Mahamudo Amurane” explicou.

Tocova explica que tudo começou no sábado, quando indivíduos armados entraram na sua casa e ameaçaram o seu guarda. No mesmo dia, acrescenta, os mesmos indivíduos foram ao encontro do vereador da Polícia Municipal e revistaram o carro, pensando que ele (Tocova) se encontrava lá. Ao que tudo indica, de acordo com Manuel Tocova, o vereador reconheceu os indivíduos, que são da polícia.

Neste momento, o edil interino está escondido e já se considera outro “Afonso Dhlakama”.

“Eu me transformei no segundo Dhlakama, estou a fugir no meu próprio país, na minha cidade, estou em lugar incerto”.

Durante a conversa Tocova disse estar a ser vítima de uma cabala devido a aproximação do período das eleições intercalares. Contudo, assegurou que não será candidato.

Enquanto isso, o município de Nampula está numa situação sem liderança.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique