Materiais de construção mais caros em Maputo

Materiais de construção mais caros em Maputo

Materiais de construção estão a registar agravamento de preços nas Cidades de Maputo e Matola. O bloco de construção de tamanho quinze, subiu de 21 para 23 meticais. O varrão de 8mm por exemplo saiu de 110 para 135mt.

Construir em época da COVID-19 é difícil devido a subida “galopante” dos preços. Num dos estaleiros do Município da Matola, onde se produz blocos há desde há dois meses novos preços, impulsionados pelo estado de emergência.

Ansha Mael, secretária do referido estaleiro, em entrevista ao Jornal “O País” embora o preço cada vez mais elevado dos produtos daquele estaleiro há movimento de gente que vem comprar, mas interlocutora fez saber que os preços mudaram.

“O bloco de tamanho dez está a 20 meticais antes estava 19 meticais, o bloco de tamanho quinze está actualmente a 23 antes estava 21 meticais e o bloco do tamanho vinte custava 25 agora está a sair a 27 meticais e tudo isto está associado a carência de cimento e ao estado de emergência.

O ferro de construção também sofreu alterações nas ferragens da Cidade de Maputo. Com maior enfoque para o importado, sobretudo sul-africano que chega as mãos do consumidor num preço mais caro, como alias fez saber Rosário Mangue quando entrevistado pelo " O País".

“O ferro de dez milímetros estava 170 agora esta 275 meticais, o ferro de oito milímetros está actualmente 135 antes estava a 110 meticais, o ferro de seis milímetros estava a 75 agora passou para 85 meticais e os estribos de bloco de 15 saem a sete meticais dantes estava seis meticais”.

Para os inertes os preços mantém-se em alguns casos inalteráveis, por exemplo, o metro cúbico de pedra 3/4 está a oitocentos meticais. A areia grossa “Incomati” mantém-se a 800 meticais o metro cubico, mas há estaleiros que reduziram para seiscentos o metro cubico devido a falta de compradores. O metro cúbico de areia branca também sai a seiscentos meticais o metro cubico.
Os vários tamanhos de pregos também têm novos preços, por exemplo, o quilograma de pregos de quatro polegadas custava há dois meses 90 meticais e actualmente custa 100 meticais. O cimento também tem vindo a registar progressivamente o agravamento do preço chegando a atingir 480 a 500 meticais o saco de 50 quilogramas.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique