May propõe nova votação do seu acordo de saída da UE

May propõe nova votação do seu acordo de saída da UE

A primeira-ministra britânica, Theresa May submete hoje no parlamento, uma nova proposta de votação do seu acordo de saída da União Europeia até 20 de Março. O acordo concluído em Novembro após 17 meses de negociações, já foi duas vezes chumbado pelos deputados britânicos.

Se a proposta for aprovada, May pedirá aos dirigentes europeus um pequeno adiamento do Brexit, inicialmente marcado para 29 de Março, até 30 de Junho. Mas se for rejeitado a prorrogação da saída do Reino Unido do bloco comunitário deverá prolongar-se e implicará que o país realize eleições europeias em Maio.

Depois de o parlamento britânico ter rejeitado ontem, por 312 votos a favor e 308 contra, a saída da UE sem acordo com Bruxelas "em qualquer momento e em qualquer circunstância", May advertiu os deputados que a ausência de acordo de divórcio com a União Europeia poderá exigir um adiamento de longa duração do Brexit.

A diferença entre o acordo de saída negociado por May com a UE e a moção ontem aprovada pelos deputados britânicos é que o texto proposto pelo governo excluía uma saída sem acordo mas só na data marcada, a 29 de Março ao passo que a moção ontem aprovada, embora não vinculativa, prevê que não haverá saída sem acordo "em qualquer momento e em qualquer circunstância".

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique