MDM mais confiante na vitória nos pleitos eleitorais

MDM mais confiante na vitória nos pleitos eleitorais

O Movimento Democrático de Moçambique diz que sai do II congresso do partido mais forte e mais coeso para ganhar os próximos pleitos eleitorais. Lutero Simango falava, esta tarde, durante uma conferência de imprensa, na cidade de Maputo.

Dias depois do II Congresso do Movimento Democrático de Moçambique, Lutero Simango, membro da Comissão Política do partido, veio à imprensa fazer um pré-balanço dos quatro dias do congresso. O MDM assegura que, depois da reunião do partido, está preparado para ganhar os próximos pleitos eleitorais, declarações também assumidas pelo presidente do partido, Daviz Simango, durante o encerramento do evento, na passada sexta-feira, na província de Nampula.

Lutero Simango reforçou a ideia, afirmando que há mais preparo no seio do partido para os desafios eleitorais. “O MDM sai do Congresso, mais forte, coeso e pronto para enfrentar os próximos desafios eleitorais, confiante na sua vitória, condição essencial para interromper o ciclo de 40 anos de contínuo empobrecimento do nosso povo”, disse Simango, que também enalteceu o acontecimento, referindo que, o Congresso foi um momento histórico de exaltação dos mais altos valores democráticos, reforço da democracia interna e solidariedade entre os membros.

O Congresso analisou a situação política, económica e social do país, tendo manifestado a sua preocupação com a contínua degradação das condições de vida do povo moçambicano. Durante o  Congresso, MDM exigiu, com máxima urgência, a responsabilização dos autores envolvidos nas dívidas ocultas que, segundo o partido, acentuam e aprofundam a miséria, pobreza, fome e destruição da economia nacional.

Ao longo dos quatro dias da reunião do MDM, para além de debater, os congressistas aprovaram as seguintes resoluções: Resolução que aprova o Hino do Partido; Resolução que aprova o Relatório de Actividades e contas do Partido; Resolução que aprova a participação do Partido nas Eleições Autárquicas de 2018; Resolução que aprova a participação do Partido nas Eleições Gerais de 2019, Presidenciais, Legislativas e Membros das Assembleias Provinciais; Resolução que aprova o Programa do Partido; Resolução que aprova a revisão dos Estatutos do Partido; Eleição do Presidente do Partido; Eleição dos Membros do Conselho Nacional. Apresentação do candidato do Partido as eleições intercalares de 24 de Janeiro.

No próximo ano, o Conselho Nacional deverá, na sua próxima sessão, proceder a análise e ratificação das propostas do Presidente do Partido, dos candidatos a membros da Comissão Política Nacional e o Secretariado Geral. Ao abrigo das novas disposições estatutárias, o Presidente do Partido deve, propor ao Conselho Nacional, 11 candidatos, um em cada província, para membros da Comissão Política Nacional.

O Congresso do MDM contou com a participação de 1350 delegados nacionais e representantes de todas as delegações na diáspora e 200 convidados, nacionais e estrangeiros.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique