Melvin Santhana celebra “revolta'Africa” no Gil Vicente

Melvin Santhana celebra “revolta'Africa” no Gil Vicente

O artista brasileiro, Melvin Santhana, irá participar da primeira edição do Festival de Poesia e Artes Performativas (poetas d'alma), no Gil Vicente. O artista vai se apresentar ao palco do Gil Vicente neste sábado, num espectáculo que ele chama de “revolt'Africa”, que será marcado por música e poesia.

Este concerto acontece a pretexto da celebração do seu aniversário, mas a principal festa da noite é “o regresso do artista à África”. Aliás, é exactamente por isso que o concerto leva esse título.

Santhana, tal como outros artistas negros do Brasil, consideram-se africanos. E quando vem, como foi desta vez do festival, o sentimento não é de uma simples viagem mas do retorno às raízes e reencontro ao seu passado.

E não é um retorno físico, espiritual e psicologicamente Santhana revive África e a sua música é denunciadora desse imaginário do “berço da humanidade”. O artista celebra a africanidade em todas as suas criações, mesmo oscilando no funk, rap e samba.

“Manifesto neste concerto um amor que há pouco está desconhecido, interno e sucumbido. Hoje, revelou-se. Possui nome e um vasto apelido: Moçambique de moçambicanas e Moçambicanos das marrabentas, netas e netos de macuas, machopes, machanganas, ndaus e muitos ancestrais...”, disse Santhana numa saudação a Moçambique publicada no facebook do evento. Ainda no texto, Santhana saúda filhas e filhos de Samora e Josina, primas e primos que se apelidam Ivethianas e Azagaianos”. O artista termina a sua mensagem dizendo que “aqui descobri um verdadeiro Poeta d'alma” e compreendi o meu destino”.

O concerto está marcado para às 22h, neste sábado. A passagem de Santhana por Moçambique tem actuações no Museu Mafalala, Galeria Piriquito Arte (Polana Caniço), Associação dos Músicos Moçambicanos, Centro Cultural Franco-Moçambicano e Centro Cultural Moçambicano-Alemão.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique